segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Chove...

...lutar contra certas coisas que só passam
com o tempo é desperdiçar sua energia.

uma curtíssima história chinesa ilustra
bem o que quero dizer:

no meio do campo, começou a chover.

as pessoas corriam em busca de abrigo, exceto um
homem, que continuava a andar lentamente.

- por que não está correndo?
perguntou alguém.

- porque também está chovendo na
minha frente, foi a resposta.

...muitas vezes ouço dizer:

ah, estou com problema!!
quem sabe saindo para alguma viagem,
ou mesmo para uma boa compra no
shopping, me ajudará
a esquecê-lo?

esquecê-lo não é resolvê-lo, e sim
transferí-lo de lugar.

pensa nisso...

17 comentários:

~~jorge disse...

... como será que o tempo cura ferida, se o tempo é convenção da mente... o que cura será talvez a impermanência da memória, que faz com que a atenção se desvie da dor... idealmente, a memória da dor se suaviza, se torna até doce, aceite... neste sentido, de descentrar a atenção da dor, viajar é bom, se for com os olhos da alma abertos... ler, ouvir música, funciona como viagem... se interessar 'desinteressadamente' por algo fora da dor, é bom... sentir amor, idem...
Divago....
Beijo, Vivi

Nanda Assis disse...

é verdade, fugir as vezes n é a melhor solução. gostei.

bjosss...

HSLO disse...

Eu encaro de frente,...

gostei amiga dessa reflexão.


abraços

Hugo

Lohan disse...

verdade, transferir problemas não é resolve-los!

www.blogdorafalopes.blogspot.com

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Acho que no quesito "problema" a questão geográfica é secundária. O viajante leva o problema com ele, os dois passeiam lado a lado, fazem compras juntos e retornam juntos. E "volta a incomodar". Já fiz isso, viajar para "esquecer" e voltava pior. Agora, fico, mesmo porque não tenho condições de ir para lugar algum, mas enfrento, não fujo não, e se envolve outra pessoa, que quero compareça. Vc sabe disso muito bem, pois falamos sobre o assunto quase todas as madrugadas.
Beijos, querida Vivi,
Renata

Francisco disse...

Vivi!
O homem caminhando lentamente na chuva, já diz tudo!
Com calma e paciência, não há o que não se resolva.
Beijãozão!

Luciana P. disse...

Realmente, tudo precisa ser enfrentado de frente...
Não há nada que não tenha solução, exceto a morte, rs.
Transferir de lugar, a eu ver, seria empurrar o problema para outra hora...
Muito boa a reflexão!

Abraços

Olavo disse...

Penso assim...porisso não me "recolho" nao me escondo encaro e vou vivendo...
A vida andou me escolhendo para dar porrada...mas sei que a ação foi minha e a reação tai...
Então correr naõ adianta é nada.
Beijão

atma atom disse...

Olá Vivian,

Se andar à chuva pode causar transtornos de saúde, observar a chuva cair através de uma vidraça sob um tecto aconchegante é sempre uma benção para alma... e um pequeno motivo de agradecimento.

Um abraço.

Déia Arakaki disse...

Sempre ouvi uma grnade verdade:
A onde quer que se vá , se voce nao resolve seus problemas e tenta fujir deles.. fique sabendo que eles te acompanharam por onde quer que vc vá.
O lugar oou o momento nao muda aquilo que temos que resolver!!!

Beijao amada

Humana disse...

Acho que nem consigo esquecê-los! Enfiar a cabeça na areia como a avestruz ou fugir dos problemas, realmente não os resolve.
Beijinhos querida Vivian.

Ilaine disse...

Querida Vivi!

Que tempo mais longo nos separa.
Como está bonito o seu blog.

Se tenho um problema, normalmente carrego-o comigo em todo lugar, não consigo esquecê-lo.

Um abraço. Um carinho!

Memória de Elefante disse...

Mudar de ambiente ou cidade, de nada adianta quando o problema está dentro de nós.
Apenas estamos transferindo, carregando-o para outro local,protelando o enfrentamento e iludindo a nós mesmos.
Este teu blog ...como sempre instigante!Dá-lhe VIVIAN!!!

Beijo

paula barros disse...

Mas muitas vezes o sair, é o mudar de foco, e muitas vezes quando mudamos de foco muitas vezes encontramos respostas, e resolvemos os problemas.

Até porque muitos problemas, nem são tão problemas, nós os valorizamos, aumentamos, e ao olhar de fora, podemos ver uma solução.

Comigo é assim.

Até no trabalho agora estou adotando o ir ao banheiro, penduro a cabeça para baixo, respiro. Depois bebo água e mudo a frequência.

Mimirabolante disse...

Com certeza !Temos que enfrentar o problema,tornando-o mais fácil.......eles sempre existirão,com mais ou menos intensidade........por vzs até pelo ponto de vista.....Temos a tendência de aumentarmos os nossos problemas,sempre achamos o "nosso " mais difícil,mais intenso !!!Bom dia minha amiga !

Daniel Savio disse...

Isso seria um fato para ter paciência?

Não se desesperar por causa não vai adiantar...

Fique com Deus, menina Vivian.
Um abraço.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,