quarta-feira, 9 de junho de 2010

Das Buscas Do Ser!

Há dias assim
em que me sinto perdida
na imensidão
de mim!

Caminhante,
aprendiz,
trago no ventre das perguntas
pra onde vou, de onde vim?

21 comentários:

José Jaime disse...

Retornando sua amável visita. Adorei seu blog.
Abraços
José Jaime

Sylvia Rosa disse...

Lembre-se que de longe alguém caminha com vc... e aprende... e espera respostas pra todas as perguntas.
Meu carinho pra vc agora e todo dia!
Feliz tarde amiga

direitinho disse...

Todos os dias nós acabamos com estas perguntas:
De onde vim e para onde vou

Franzé Oliveira disse...

Sempre buscamos respostas...


"O que sei, eu sei...
Não muito, inacabado, porque nada é inteiro
O saber é relativo

Nada é perfeito sem amor
O amor desbasta as imperfeições
Mas sem amor estamos livres
Com ele não, preso ficamos ao que amamos
E não vemos a vida como é

O tempo ajuda a cimentar os amores
A esclarecer as dores
A entender os sabores
Precisamos entender o momento

Temos direito de ter chances
Quantas vezes forem necessárias
Quantas vezes...

Não quero só uma
A vida tentou inúmeras vezes
Até chegar o que é

Tentará de novo se necessário for
Não existe fim
Visto que não teve começo."

Andradarte disse...

Tem sorte em ser só 'Há dias assim'...
Para mim......são todos os dias...
Beijo amiga.

Sonhadora disse...

Minha querida
De certeza perdida no mar imenso.
Adorei o seu poema...diz muito.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

CYWMARA WADISQUY disse...

Quem me dera se minhas perguntas fossem apenas essas***

Multiolhares disse...

Perguntas que sempre nos fazemos, e só vamos encontrar respostas dentro de nós
beijinhos

Rosan disse...

Vivian.
sim, há dias assim, em nos questionamos, sobre a ixistencia, sobre o medo que sentimos do depois...
e assim seguimos aprendendo a viver, um dia de cada vez.

beijo de luz

Maria Dias disse...

Hum minha amiga...Se parar pra pensar enlouqueço!Melhor deixar o pensamento quieto!rs...

Beijinho

Maria

tossan disse...

Por isso procuro não fazer muitas perguntas e vou deixar a vida me levar. Assim é melhos. Beijo

HSLO disse...

Divino!


abraços
de luz e paz.

Hugo

legalmente loira... disse...

Vivian querida, que lindo poema!
intenso.
eu adorei seu carinho no videos e minos agora espero por você aqui também!
paz e luz com carinho.

Pena disse...

Maravilhosa e Sensível Amiga:
O seu talento não tem fim. É eterno numa pessoa doce e extraordinária.
"...Caminhante,
aprendiz,
trago no ventre das perguntas
pra onde vou, de onde vim?..."

Se fosse Deus enviá-la-ia para o mais doce e terno recanto de si porque maravilha e fascina.
MUITO OBRIGADO por ser como é.
O seu fantástico blogue prima pela qualidade e arte de deslumbrar.
Perguntas versejadas que são plenas de interrogações a que ninguém sabe responder por serem intensas, preciosas e de uma sensibilidade existencial pertinente.
Parabéns sinceros.
Tem um sentir perfeito e mágico de sublime talento maravilhoso.
MUITO OBRIGADO pela sua amizade pura que é recíproca.
Excelente, amiguinha de sonho.
"Potes" de beijinhos de respeito e estima gigantescos por ser um ser humano de bem e de uma humana preciosidade.
Sempre a admirá-la

pena

Bem-Haja, pela ternura que expressou no meu humilde blogue e que gostei muitíssimo.
Linda!
MUITO OBRIGADO pela sua ternura.

A.S. disse...

Vivian...

Quando se começa uma viagem, o importante é partir! Deixemos que sejam os ventos a determinar os caminhos... O ponto de chegada será sempre surpreendente...

Beijosss
AL

Nilson Barcelli disse...

Saberes-te perdida já é meio caminho andado para te encontrares.
Belíssimo poema, gostei imenso querida amiga.
Beijos.

Sandra Mara disse...

Oi minha amiga, depois de mts meses afastada finalmente retornei...
Estava com saudade desse cantinho q tanto adoro vir me aconchegar, lendo suas histórias q me faz um bem enorme...
Ufaaa, voltei e estou mto feliz, viu?
Uma dia iluminado e abençoado para vc. Bjs e até já já!!

.•*♥*•.¸¸.• Sanzinha •.¸¸.•*♥*•. disse...

Vivian

Muito obrigada pelas palavras tão gentis e pelos parabéns!
Fiquei muito feliz. :)

Beijo grande!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Sei de onde vim e sei para onde não quero ir, para o fim.
É isso aí. Lindo post, Vivi!

*No amor não existe tu nem eu. Krishnamurti*

Estou voltando.
Bons Dias!
Muito obrigada*
Beijos*
Renata

Cadinho RoCo disse...

O encontro com nossa vastidão nos traz por vezes essa sensação perdida em sensações nossas.
Cadinho RoCo

Sandra disse...

Vim para perfumar ainda mais a nossa amizade.
Venho lhe oferecer rosas.
Sim.
CURIOSA lhe oferece rosas. Venha buscar. São dadas com muito carinho.
Sua amizade é muito especial para mim..Deixo um grande abraço e carinho
Sandra