quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Embriague-se!!

É preciso estar sempre embriagado.

Isso é tudo: é a única questão.

Para não sentir o horrível fardo do Tempo que
lhe quebra os ombros e o curva para o chão,
é preciso embriagar-se sem perdão.

Mas de que?

De vinho, de poesia ou de virtude,
como quiser.

Mas embriague-se.

E se às vezes, nos degraus de um palácio, na
grama verde de um fosso, na solidão triste
do seu quarto, você acorda, a embriaguez
já diminuída ou desaparecida, pergunte
ao vento, à onda, à estrela, ao pássaro,
ao relógio, a tudo o que foge, a tudo
o que geme, a tudo o que rola, a
tudo o que canta, a tudo o que
fala, pergunte que horas são
e o vento, a onda, a estrela,
o pássaro, o relógio lhe
responderão:


"É hora de embriagar-se"!

Para não ser o escravo mártir do Tempo,
embriague-se; embriague-se sem parar!

De vinho, de poesia ou de virtude, como quiser".

EMBRIAGUE-SE!!!

Baudelaire

13 comentários:

Vivian disse...

...de tantas formas nos
'embriagamos' durante
a vida,
porque é da natureza humana
o não conseguir viver só,
ensimesmado com seus
tambores ruidosos, e
assim passamos pelo
'caminho' sem ver...

eu amo, adoro embriagar-me
de palavras, de pessoas,
de natureza, de almas
sintonizadas com o BEM!


e você???

Paulo Francisco de Araujo disse...

Ah! eu vivo bêbado. Prazerosamente bêbado de palavras e amigos.
Um beijo grande
[adorei o post]

EDER RIBEIRO disse...

Vivian, é da minha natureza a rejeição a bebida, por isso bebo o suficiente para não me embriagar, no entanto, eu viro o caneco de palavras, seja falada ou escrita. Eu tenho uma sede de saber, não para me tornar sábio, mas para conhecer mais do humano e muito mais do Divino. Por isso alma querida, esse cantinho aqui é um dos meus preferidos, eu mato um pouco a minha sede. Bjos.

isa disse...

Minha querida,encanto-me por aqui e embriago-me,sim!
De Poesia,de Música,de Poemas e...de
AMIGOS,tão "loucos" como eu!
Que bom!
Muito bom!
Beijo.
isa.

Vivian disse...

...Isa querida,
e não é bom, muito bom
poder conviver com esta
INSANIDADE que tanto
nos cativa?

quando digo de insanidade,
falo tão somente desta
gostosa forma que encontramos
para estar, embora de maneira
virtual, sempre pertinho dos
nossos amores...

a blogosfera é um hospício,
mas quem não precisa vez ou
outra de sentir-se louco?

comportamo-nos como loucos
quando por exemplo choramos
diante desta tela fria,
rimos aos cântaros com
palavras vindas de longe,
de perto, de qqr canto,
e assim nos sentimos
enlaçados, protegidos
não sei de que, senão
de que NÂO nos roubem
esta loucura, esta
saudável
EMBRIAGUÊS!!

bjbjbj, não só à Isa, mas
tbm a todos meus amigos
'embriagados' do BEM!

Daniel Costa disse...

Viven

Embriagar-se deverá se lema pois!... Se substituirmos, embriagar por inibriar-se ou apaixonar.se!
Beijos

✿ chica disse...

Precisamos embriagar-nos até pra fazer um bolo..Encher-nos de carinho e por aí vai, aí ele passa!! LINDO!!!

beijos,chica

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Ah como é bom embriagar-me.
Ficar embriagada de amor, de amizade, de música, de desejo, de lutas e por que não de vinho também?
Amo embriagar-me e você Vivi nos faz sempre ficar embriagados por suas doces palavras e suas encantadoras visitas...beijinhos nossos embriagados de amor para você Vivi!

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Por vezes faz tanta falta essa embriaguês, que mais não seja de palavras.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

D. Garcia disse...

Serei ébrio tanto quanto me for permitido
Ébrio de amor e de amar; serei ebrifestivo
Cobrir-me-ei com as cortinas do tempo
E desnudar-me-ei diante de qualquer e todo sentimento
Porque ébrio é como sempre estou
Permaneço na embriaguez do sono, dos sonhos e do amor.
Belo poema de Baudelarie e bela a tua reflexão sobre a embriaguez das paixões, Vivan.
Um grande abraço embriagado de emoção. Daniel.

Andradarte disse...

Uma "Dolce Vita" permanente.
..e depois a ressaca????
Beijo

Pedro Luis López Pérez disse...

Necesitamos embriagarnos de nuestra propia fuerza, por momentos, debilitada; de nuestra intensidad de vivir, por momentos, minimizada.
Un abrazo.

myra disse...

qta razao tinha Baudelaire e tua foto é esplendida!!!!!
mais beijos