quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Consciência Sorridente...

...reza a cartilha que a uma certa
idade nos tornamos descartáveis.

passamos a viver à margem de
uma sociedade preconceituosa
onde o mais velho perdeu
seu poder de pensar.

eu não sei se me encaixo nesse
contexto, mas...

o que me ocorre é que quanto mais
tempo vivo por aqui, mais consciente
me torno de que sou timoneira
do meu 'navio', e isso me faz
responsável pela viagem
a seguir.

descobrí também nesta 'viagem' o quanto
de limitações, e o quanto de liberdade
o caminho me oferece, e cabe a mim
a escolha de que lado
quero seguir.

movida por estas escolhas descobrí o tamanho
dos meus anseios, e a medida da minha
coragem quando olho no espelho
procurando quem fui, e feliz,
encontro quem sou,
sorrindo pra mim.

...sigamos, então!!





15 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Em tempos que já lá vão, levavam os descartáveis para a montanha e por lá morriam...
Agora, existem os lares, cujos cuidados paliativos prolomgam a vida para lá do absurdo...
Gostei do teu poema. Bom, como sempre.
Beijinhos, Vivian.

Um brasileiro disse...

Oi. Tudo bem com você. Estive aqui dandouma olhada de novo. Como sempre muito legal. Apareça mais vezes por la. Abraços.

✿ chica disse...

Muito legal e se encontras um sorriso é porque as coisas estão certas, teu modo de pensar e agir...Gostei! beijos,chica

Paulo Francisco de Araujo disse...

Sigamos sim!

Gostei do sorriso visto.
Um beijo grande

Jeanne Geyer disse...

que belo tópico escolheste, porque de todos os preconceitos acho este o mais cruel. Infelizmente ainda existe. beijos

D. Garcia disse...

Fato que a idade traz, além de outras coisas, a pecha de desnecessário. Mas como nos tornamos necessários, de nós para nós, com a idade e toda experiência adquirida. Quero envelhecer sim, não me importo que o mundo caótico faça de conta que eu deixei de existir; minha energia para viver do meu jeito será o combustível para me lançar na vida livre das amarras dos compromissos do quotidiano. Filhos criados, aposentadoria nas mãos e rodar o mundo será só o começo.
Que venha a sabedoria de todas as idades! rs
Muito linda a tua reflexão. Adorei.
Abraços. Daniel.

EDER RIBEIRO disse...

Vivian, algumas pessoas já me perguntaram qual o meu maior sonho, então digo que é viver até os 100 anos. Sempre encarei a velhice como sinônimo de sabedoria. Adoro conversar com pessoas idosas, penso, q elas tem muito a nos ensinar, da mesma forma q gosto de observar as crianças. Penso que o envelhecer do corpo não pode influenciar o espírito, por isso alma linda, sorriso é sintoma q a alma permanece jovem. Alegro-me q mesmo virtualmente, seguimos. Bjos.

isa disse...

Como é bom pensar com vc,minha querida!
E este é um texto lindo que contem mt verdade!
Beijo.
isa.

Liza Leal disse...

Encontrar-se, ou mesmo fazer escolhas, nem sempre é algo tão cômodo. Porém, se assim não fosse, aí já não seria a vida esse intenso aprendizado.

adoro passear por aqui!
=)

Daniel Costa disse...

Vivian

Jamais devemos temer o avanço dos anos que contamos, eles nos dão endurace para enfrentar a vida. Com a idade podemos aprender a ser modernos. Cada estádio de vida tem os seus encantos. Estar na segunda encarnação a mim aconteceu, simplesmente porque da vida sempre gostei.
Beijos

Sotnas disse...

Olá Vivian, e que tudo esteja bem contigo!

São tantos os rótulos que sofrem os de maior idade, e não bastasse tanta indiferença, para alguns há ainda o abandono, os maus tratos, assim vai!
Muito belo escrito Vivian, expões um assunto que tantos preferem ignorar. Eu penso que se não aprendermos com que já passou por grande parte dessa vida com quem vamos saber quais os caminhos a seguir. Entendo que os tempos são outros, no entanto a maneira de se viver feliz é uma só, amando o semelhante, e todos que ao redor, este foi o caminho que nos indicou o criador!

Gostei também da imagem, mas, por cá você tem sempre feito a melhores escolhas do que compartilhar com os amigos, parabéns!
E seguindo no embalo desta minha visita eu deixo um convite para que você prezada amiga compareça ao SOTBLOG para pegar um selo, pois este teu virtual amigo indicou você e teu blog para adquirir este selo também, aliás, indicar outros sete amigos parte da missão que me deu a Carmen Lúcia quando me indicou ao selo, e sendo assim os meus indicados também deverão fazer o mesmo. Caso não deseje participar, é seu direito, e não haverá qualquer crise, assim desde já agradeço, e deixo meu desejo que tenha em teu viver a intensa felicidade, abraços e até mais!

Poeta Mauro Rocha disse...

Ola!!
Sempre em frente, pois o melhor vinho só é aberto depois de muito tempo e sabe para quê?
Para as pessoas pensarem porque esperaram tanto tempo para descobrir o quanto é saboroso os segredos da vida e que é apenas descoberto depois de um certa idade.

Tenh um ótimo sábado e domingo.

Bjs.

Angela disse...

O preconceito referente a idade é grande, mas sabendo impôr para nós mesmo o que queremos, como você disse qual caminho escolher, já se derruba metade dele ao menos.
Beijo bom domingo

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Que linda conclusão você chegou da sua vida, da sua liberdade, da sua prisão...por que temos liberdade e muitas vezes nos vemos encarcerados pelas circunstâncias ou por nós mesmos e eu não tenho dúvida que você escolhe sempre o caminho certo, nunca pega um atalho...lindo Vivi...beijinhos no coração.

myra disse...

sabe faço o possivel, mas nao é facil!!!
beijos