quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Voo Livre!

À minha última viagem não
deitem suas lágrimas
em terra.

Antes sintam-se felizes
porque não
estarei lá.

Serei partículas de vento
cruzando mares, céus,
e oceanos.

Serei notas musicais aos
ouvidos sensíveis que
buscam acordes
do amor.

À minha última viagem
alegrem-se por mim.

Pois liberta da matéria
cativeiro
da minh'alma, daí sim,
serei feliz.

À minha última viagem...

34 comentários:

C@urosa disse...

Olá querida e sensível Vivian, profundo e reflexivo, devemos sempre estar preparados para nossa última viagem, de corpo e alma...

forte abraço

C@urosa

Chica disse...

Muito lindo, tons de tristeza e profundidade...

um beijo,tudo de bom,chica

Daniel Savio disse...

Bonito, mas as pessoas também tem o direito de sentir a saudade de quem a gente ama, não é?

Fique com Deus, menina Vivian.
Um abraço.

Andradarte disse...

A vida é complicada...mas o desanimo
não mora por aí.???? E a alegria de viver....???Cadê........
Beijos.

Solange disse...

lido bem com quase tudo, menos com a morte....

é duro...
triste...

beijo enorme amada amiga....

Suziley disse...

Certeza finita. Bela poesia, Vivian querida! Um grande beijo no seu coração, boa noite :)

Franck disse...

Vivian, quero todas as viagens assim, poeticas e emocionantes, como seu poema!
Bjs*

Pena disse...

Maravilhosa e Doce Amiga:
Este "Voo Livre" é lindo e doce. Prima pelo encanto na despedida daqui a cem anos.
A minha formosa amiga maravilha e enternece.
Tem uma sensibilidade linda numa pessoa linda.
Os meus sinceros parabéns, por mais um fabuloso e terno Post.
É brilhante e extraordinária a sua poesia e VOCÊ.
Bem-Haja, pelas palavras lindas no meu blogue. Agradeço-lhe sensibilizado.
Abraço amigo de respeito grandioso.
É perfeita.
Sempre a admirá-la

pena

MUITO OBRIGADO pela sua ternura.
É recíproca, amiga linda de sonho.
Adorei.

Luís Coelho disse...

E depois nessa partida quem ficará olhando para o nada, sentindo o vazio e vivendo apenas a memória e a saudade............???

Ninguém poderá programar esse dia, essa viagem nem as lágrimas de saudade...

Retornaremos a Deus nossa origem e seremos então parte da Sua essência divina.....

José Gonçalves disse...

Olá Vivian,

É lindo demais este Poema e muito reflexivo, intenso!

Mas permite-me que recuse o pedido, de não verter lágrimas à terra, sobre alguém que parte e que prezamos.

Seja qual for a Partida, para uma viagem, umas férias ou mesmo mais longa, essa partida provocará sempre um Vazio difícil de preencher.

E será tão mais difícil de suprir esse vazio quanto maior for o afecto!

Em tudo o resto, concordo contigo minha Amiga Vivian.

Não devemos temer a Partida se ela faz parte da nossa Vida.

E das partícluas aos sons e aos tons tudo deve ser enaltecido e agradecido como dádiva de alguém, de Deus!

Termino desejando-te, a ti e aos que te são queridos, um excelente final de semana, com muita Paz e muito Amor!

Um abraço e até sempre,

José Gonçalves
(Guimarães)

Espaço Aberto disse...

Bom dia!
Nossa postagem de hoje requer a sua reflexão: Se na história Cristo e Maria Madalena fossem realmente casados o Mundo seria diferente?
Venha ler o texto e nos contar a sua opinião.
Um abraço carinhoso

poetaeusou . . . disse...

*
sublime,
és o atomo das palevras,
parabens,
,
conchinhas,
ficam,
*

Francisco disse...

Pessoas lindas como você, jamais fazem a última viagem, e sim a penúltima...
Saudades daqui, Vivi!
Beijão!

Humana disse...

Muito lindo, Vivian mas triste para mim.
Quando alguém parte não gosto de dizer "Adeus" mas sim "Até sempre" porque não gosto de despedidas.
Um beijo com muito carinho e cheio de VIDA!

Sam disse...

Que inspiração divina hein Vivian!

Faz bem pra alma de quem consegue te sentir.

Adorei a nova imagem do blog, uma fofura, uma lindeza como tu!

Beijo na alma!

Érica disse...

Belo, e sensível Vivian...
à minha ultima viagem, não quero que digam adeus... rs

hein! ótimo fim de semana e bom feriado (quanto feirado hein!)

bjãO

Baila sem peso disse...

É só uma viagem...
para uma outra paragem
que nos deixa a pensar
que sem corpo, a leveza
nos vai fazer flutuar no ar
aprender como é bom voar
acreditar em linda surpresa...

mas só quando chegar a hora
não será, princesa? :)

e deixo aqui beijinho
com muita certeza
para um fim de semana
cheio de grandeza!!!

(e vai embora tristeza!!!)

Matheus W. disse...

Lindo!

Valeu minha volta aos blogs, e olha q é um dos primeiros q voltei a ler!
hehe

Sigo suas palavras desde sempre, nunca molho o chão quando poderia estar enchendo o ar de alegria devido à última e feliz viagem de alguém!

olhar disse...

A morte me assusta...

beijos, minha querida!

Bia

Antonio Carlos disse...

Belíssimo, a alma as vees sente-se reprimida pela matéria cativeiro, mas a ela só existem vidas, a libertação é a passagem a cada ciclo.
Beijos

diariodumapsi disse...

Não sei se tenho tanto desprendimento com essa última viagem...
Mas o poema é lindíssimo.
Bom fim de semana
Gd beijo

Multiolhares disse...

Que bom seria se todos estivéssemos preparados para a derradeira partida, sem apegos, seria bem mais fácil para quem vai a passagem e a saudade de quem fica
beijinhos

www.cha-com-biscuit.blogspot.com disse...

Na verdade, será que existe última viagem? Creio que estamos sempre viajando, horas aqui, horas lá em algum lugar do cosmo. E em todos os lugares estaremos bem, se nosso coração assim o permitir. Todos os lugares são perfeitos para o nosso crescimento, temos apenas que olhar o ambiente com olhos de alegria, sempre veremos aquilo que buscamos, aqui ou em qualquer outro lugar.
Bom feriadão.
abraços.

BRANCAMAR disse...

Lindo poema Vivian e tão importante pensar assim, é um alento para quem fica, não evita que a saudade toque, mas ela pode ser mais suave e que suave saudade eu tenho de minha avó que há 26 anos partiu e está tão em mim ainda hoje, com uma cumplicidade imensa, que me traz paz.

Beijinhos
Branca

Paulo Becare Henrique disse...

Vivian, que poesia linda! Aliás, todas as poesias dos seus blogs são exuberantes. Você já escreveu um livro? Se não escreveu, já pensou em escrever? Se nunca pensou nisso, fica a sugestão.

Muita gente escreve poesias, mas, sinceramente, poucas pessoas atingem esse pefeito orgasmo literário entre a profundidade e a simplicidade.

Sei que estou devendo muitos comentários em muitos posts, mas meu tempo tem sido curto. Sei também que não sou obrigado a fazer esses comentários, mas faço absoluta questão de me manter atualizado e presente nos blogs amigos que admiro.

Beijos...

ENCONTRO COM A POESIA disse...

parece que olhamos a viagem da mesma forma,bjs vivi!

myra disse...

lindissimas palavras, mas tristes..
beijos imensos

ONG ALERTA disse...

Que a última viagem seja de luz...
Beijo Lisette.

Valquíria Oliveira Calado disse...

Olá, vim desejar-te um lindo domingo,com uma abençoada semana, deixo também um abraço.

Meus espaços te esperam com aconchego de amiga.

http://valvesta.blogspot.com/
http://hanukkalado.blogspot.com/
serás bem vinda.

Carmo disse...

Linda esta viagem.

Muitas mais viagens há-de fazer certamente. Viver é viajar.

Beijo e boa semana

Parapeito disse...

partir para nova viagem livre e sem a dor da tristeza...que seja uma viagem feliz pela eternidade e mais além.
brisas doces para ti***

Elcio Tuiribepi disse...

Vivian...esse poema lembrou um que guardo aqui comigo e sei que um dia vou postá-lo...não é meu, mas sim de uma pessoa muito especial em minha vida...
Belo poema amiga...reflexivo...
Um abraço na alma
Beijo

piedadevieira disse...

Querida amiga, senti um misto de liberdade e tristeza ao ler seu poema. Lindo, por sinal.
Beijinhos

Paula Barros disse...

Quando ficamos nunca lembramos disso, e sofremos pela falta, pelas tantas faltas.

É um aprendizado importante, para se fazer uma viagem mais tranquila, e para se ficar menos sofrida.

beijo