sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Vasos e conteúdos!

A argila não vem ao caso,
o vazio faz o vaso.

Lao-Tsé

pensa comigo?

32 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Esqueça o invólucro; o vazio é perfeito.
Beijos, querida.

Ava disse...

Nada é por acaso. Se observamos, há em tudo que nos, o seu propósito...

Voce sempre nos colocando contra aparede...rs
Nessas reflexões, acabamos por nos descobrir de uma forma diferente...

Beijos meus!

José Gonçalves disse...

Olá Vivian,

O vazio faz de facto o vaso!

E tão mais rico pode ser, quanto maior for o seu vazio e a sua capacidade de aí guardar sapiência e sabedoria.

Assim somos nós, um corpo imenso, e tantas vezes despido de sentido!

Cheio apenas de inveja, tornando-o cada vez mais pequeno, insignificante!!!

Aqui está algo que vale a pena meditar profundamente.

E como a moça mandou, e seu servo cumpriu, rsrsr, aqui está a sua participação.

Pensou bem?

Ou nem por isso?

Tem um excelente final de semana, junto dos que te são queridos, e recebe afecto destes que são apenas teus Amigos, e Amigos querem continuar a ser.

Tão simplesmente, AMIGOS!

Um abraço e até sempre,

José Gonçalves
(Guimarães)

Sheila Taniguchi disse...

Tão zen e tão profundo que me vieram mil interpretações disso tudo. Como você está minha querida? Beijos =)

poetaeusou . . . disse...

*
e Lao-Tsé,
sabia bem !
,
conchinhas,
,
brisas serenas,
,
*

Sílvio Moura disse...

nada por acaso...

http://pulchro.blogspot.com/

AC Rangel disse...

Vivian, este vazio se completa...para as pessoas especiais...vc sabe que sim.

beijo

Suziley disse...

Que linda música, Vivian querida. Com ela, refletimos sobre o sábio pensamento. Neste mundo de tantas tribulações, é preciso, de quando em vez, "esvaziarmo-nos" de tudo que nos afasta do Bem maior. Esvaziarmo-nos para preenchermos o nosso próprio coração de paz e de muita luz. E nós somos os vasos. Um ótimo final de semana para você, fique em paz, beijos no seu coração :)

C@urosa disse...

Olá querida e sensível amiga Vivian, profunda verdade. Mas que belos os vasos! Paz,harmonia e um belíssimo final de semana.

forte abraço

C@urosa

Ana Martins disse...

Boa noite Vivian,
penso consigo sim, o que importa é o interior, o invólucro pode ser mais ou menos bonito, o que contém é que pode ser incomparável.

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

Franck disse...

Quero ser um vaso comunicante...
Bjs* (Obg pelo carinho, sempre!)

Paulo Becare Henrique disse...

Filosofia oriental é simplesmente apaixonante! Um dia ainda me tornarei budista. Ou taoísta; ainda consegui me decidir.

Andradarte disse...

Dá que pensar sim....mas tudo tem o seu
princípio..
Beijo

Sam disse...

Sim, o vazio emoldura o vaso, porém, esperamos confiante que o conteúdo seja transparente, seja nú... mas não em vão.

Beijo em ti, lindeza!

www.cha-com-biscuit.blogspot.com disse...

Exatamente isto, o que está dentro de nós é o que realmente somos. Que bom seria se todos percebecem isto.
Abraços.

Lídia Borges disse...

Ignorar as fronteiras, tornar visível apenas, a essência.

Cabe tanto saber em tão poucas palavras.

Um beijo

Espaço Aberto disse...

Temos o prazer de convidar os amigos para ler a entrevista de uma jovem escritora fantástica: Sofia Duarte nos conta um pouco de sua história.
Contamos com a sua presença e comentário.
Um abraço carinhoso

Sheila disse...

Pode ser belo da mais pura faiança, da mais pura porcelana, do mais puro cristal, se não ouver conteúdo, quebra-se.Beijos.

xistosa - (josé torres) disse...

O vaso vazio e um fogo-fátuo, aquela "luz" imaginária que se eleva perante o nosso olhar.
Ainda bem que o vazio é interior... não se vê.

Um bom domingo.

Mimo Chic disse...

Querida Vivian, poxa que interessante, esse preenchimento do vazio é dentro para fora.
bjs com carinho
Lulu & Sol

Giane disse...

Vivi...

Sem vaso como conter a Alma, como "limitar" ainda que uma pequena parte, do que se diz "ilimitado"?
E sem vazio, como "tocar" a Alma, como sentir sua essência, que se diz "intocável"?

Saudades mais que compensadas de Você, Ser de Olhos Claros, que Ilumina a Todos Nós com questões que nos fazem refletir e Aprimorar como Seres Humanos...

Beijos mil!!!

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Vivian,
Seu blog continua ótimo. Incrível como este post tem a ver com meu último texto...
Obrigado pelo generoso comentário no meu sítio. Um beijo.

Cris França disse...

linda reflexão. bjs

Baila sem peso disse...

Pois desde que esse vazio seja cheio
que a argila colorida seja guarnecida
...estamos sempre nós à espera
não é, minha amiga querida!?

beijinhos

(tenho andado afastada, pois tenho afazeres na estrada, que me trazem tãããõ ocupada...mas virei sempre para encher o vazio, que cabe dentro da gente!)

Priscilla Marfori... disse...

É verdade querida, disse pouco mas tudo!
Adorei aqui!
Seguirei,
B-Jinhos. doces...

O Profeta disse...

Sonhei com Querunbins zombeteiros
Com um Arcanjo em eterna luta com o mal
Sonhei que a chuva era o pranto dos deuses
Sonhei que o amor tem um caminho fatal

Descobri que as nuvens são carruagem de água
Que os anjos afinam as harpas de madrugada
Que as gaivotas em terra são pronuncio de borrasca
Que a razão de um justo não vale quase nada



Doce beijo

Carmo disse...

Excelente pensamento!

Um abraço e boa semana

myra disse...

tambem num quadro é importante um certo "vazio" para respirar, mas as vezes "enchemos " demais TUDO!!!
beijos, minha linda Vivian

Daniel Savio disse...

Interessante, mas será que não avaliamos realmente pelo vazio do vaso, ou nosso vazio?

Pois não adianta estar cheio de flores o interior do vaso se quem aprecia cena não vê as flores como tesouros.

Fique com Deus, menina Vivian.
Um abraço.

Andre Martin disse...

Pensando...

Lao-Tsé era um chinês arretado! Sabia até português pra fazer a frase rimada!!

Daniel Hiver disse...

A argila não vem ao caso,
e sim o que se faz com ela.

Daniel

pense também comigo!! rsrsrsrsrs

Andre Martin disse...



"Frases curtas, são para mentes largas!" (Mesdre)

Quanto maior o poder de concisão da frase, maior o conhecimento, inteligência e sabedoria que é preciso para destrinchá-la!

No comanetário anterior eu estava provocando com um gracejo, pois achei curioso a beleza do verso, além da mensagem, claro.

Em resumo, não importa do que seja feita a casca, o recipiente em si é importante pelo que transporta ou armazena (ou não).