sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Verdades

O amor é uma espécie de preconceito.

A gente ama o que precisa, ama
o que faz a gente se sentir
bem, ama o que é
conveniente.

Como pode dizer que ama uma pessoa
quando há dez mil outras no mundo
que você amaria mais se
as conhecesse?

Mas a gente nunca conhece.

Charles Bucowski

43 comentários:

orvalho do ceu disse...

Olá,
Meu Deus, quanta sabedoria aqui postada.
Parabéns pela belíssima escolha!
Um grande abraço fraterno de paz.

Isa disse...

Delícia de imagem!
Pois...é por isso que eu continuo a amar...
Beijo.
isa.

piedadevieira disse...

Não há como não amar! O importante é amar.
Beijos. Ah, adorei ver esse lindo olhar nos meus olhares.

piedadevieira disse...

Não há como não amar! O importante é amar.
Beijos. Ah, adorei ver esse lindo olhar nos meus olhares.

Andradarte disse...

100% certo...
Beijo

Carmem L Vilanova disse...

Querida Vivi,
Parece que andamos todas apaixonadas nestes últimos dias, pois todos os blogs que visitei hoje falam expressamente sobre o amor...
Adorei o teu texto... Lindo!
Beijos, flores e muitos sorrisos!

Érica disse...

Melhor não conhecer, assim continuamos amando...

bjãO

SolBarreto disse...

Uma grande verdade!
Adorei o texto!

Desnuda disse...

Amiga Vivi,

é porque quando amamos verdadeiramente uma pessoa só ela existe para nós!


Beijãooooooo estalado de bom, amiga.

Andre Martin disse...

Taí um tipo de preconceito saudável! rss

diariodumapsi disse...

A gente ama o que é conveniente... é, talvez tenha razão, sabe que tenho o péssimo hábito de só amar a quem me ama?
Gd beijo

Franck disse...

Acho que por isso amamos várias pessoas, claro, em situações diferentes...
Bjs e um bom fim de semana!

Blog da Bebeth disse...

Acho que no fundo, no fundo, a gente não conhece ninguém!
Passei aqui e deixei beijos.

Daniel Savio disse...

Sei lá Vivian, se você gosta só que lhe faz bem não é amor, sempre tem algo que gostariamos de mudar em quem amamos, mas relevamos...

E amar pessoa desconhecida é dificil, mas podemos nos indentificar através de um sorriso, ou algo mais, em poucos minutos que esteja com o tal desconhecido.

Fique com Deus, menina Vivian.
Um abraço.

Nanda Assis disse...

com tanta coisas, acabamos aceitando e amando o pouco q temos.

bjosss...

Menino-Homem disse...

nunca tinha pensando assim... cá tambem aprendo (de) novo...

beijos,
do homem-menino

fique com Deus!

Menino-Homem disse...

nunca tinha pensando assim... cá tambem aprendo (de) novo...

beijos,
do homem-menino

fique com Deus!

Liza Leal disse...

Concordo plenamente.
Há no mundo gdes e desconhecidas afinidades...
=)
Q imagem fofa!


bjao

Chica disse...

Faz pensar...Lindíssima imagem!beijos,chica

Juci Barros disse...

Nooossa! Que constatação perfeita!
Beijos.

myra disse...

serà mesmo?????!!!!
Bukowshy era um dos escritores mais admirados pelo meu irmao!
infelizmente tem mtas pessoas que nao encontram nem um amor na vida!!
gosto muito de teu blog, minha linda Vivian, beijos , hoje um dia um pouco assim assim, pqe minha filha vai embora amanha...

Tatiana disse...

O que o coração escolhe a alma atrai como um imã...

Sua postagem nos leva a uma profunda reflexão para o amor além corpo...

Um beijo com meu carinho

Sandra disse...

Com certeza amiga,
Amoamos o que precisamos.
Lindo!!!!

CURIOSA está em comemoração. Vou te esperar para comer uma fatia de bolo.
Desculpe não ter vindo antes avisar. Mas ando mesmo sem tempo.
Carinhosamente,
Sandra

Amigos são aqueles botões de rosas que se abrindo lentamente e exalando o seu perfume pelos caminhos que trilhamos.

HSLO disse...

uma pura verdade.

abraços
de luz e paz

Pensador disse...

Como seria impossível conhecer essas 10mil, eu prefiro continuar amando aquela que eu conheço tão bem...
Beijos, Vivian!

Sonhadora disse...

Minha querida
Uma verdade mesmo.
Por vezes esquecemos apenas.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Poeta Mauro Rocha disse...

Excelente texto de um ótimo escrito.

Tenha um ótimo domingo.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Que definição diferente de amor. Realmente amor é discriminatório!!! rs
um bom domingo pra vc

CarlaSofia disse...

Olá Vivian, julgo que amamos não quem conhecemos melhor, mas sim aqueles com quem temos uma cumplicidade maior. E também amamos pessoas e situações mesmo não as escolhendo.
**
universosquestionáveis

Eduardo Miguel disse...

Amo ver com teus olhos e caminhar por tuas palavras, obrigado obrigado pelas oportunidades!
Só sei falar assim, sei que gosto!!! UM grande abraço e beijo em sua alma doce> carinho sempre.

Eduardo Miguel disse...

Amo ver com teus olhos e caminhar por tuas palavras, obrigado obrigado pelas oportunidades!
Só sei falar assim, sei que gosto!!! UM grande abraço e beijo em sua alma doce> carinho sempre.

Multiolhares disse...

a nossa forma de amar é egoísta, amamos o que nos faz bem, no entanto ainda que pudéssemos conhecer todos os seres do mundo, talvez nunca os conhecêssemos de verdade, pois se nem a nós mesmos nos conhecemos

Átila Siqueira. disse...

Poema bonito.

Um grande abraço,
Átila Siqueira.

Daniel Costa disse...

Vivian

E ao fim e ao cabo, pode amar-se todo o mundo na generalidade. Indivualmente há que fazer as nossas opções.
Naturalmente, sssim pensaria Charles Bucowski.
Beijos

Daniel Costa disse...

Vivian

E ao fim e ao cabo, pode amar-se todo o mundo na generalidade. Indivualmente há que fazer as nossas opções.
Naturalmente, sssim pensaria Charles Bucowski.
Beijos

Hanukká disse...

Olá Viviam, vim convida-la a ler umas palavras de amor e confiança em deus, gostarás, passa lá e alimente a alma,,, beijos amada, linda semana.

Sheila disse...

amamos um em um milhão e podemos amar todos os milhões de pessoas :)

ONG ALERTA disse...

Vivemos para amar e sermos amados, lindo, beijo Lisette.

Sam disse...

Ahhh Vivian, infelizmente há momentos em que não compreendemos, não entendemos nem a nós mesmo. Das nossas angústias, anseios, alegrias, desejos... Sabemos que estão lá e por vezes não sabemos como lidar.

Assim, é praticamnte quase impossível chegar ao outro.

É preciso derrubar as muralhas de dentro, primeiramente... e o amor é sempre o primeiro e melhor primeiro passo. Pena não existir "manual"

Beijo minha querida!

LUFE disse...

Vim retribuir a visita e me deparo com este poema instigante...

A gente nem sempre ama o que precisa, o que amamos nem sempre nos faz sentir bem e nem sempre o que amamos nos é conveniente.
Alem disso, a gente só pode amar o que nos é proximo, o que nos é conhecido.
Agora, a possibilidade de novos amores é que nos mantem sempre em busca constante.
No desconhecido estará o amor de nossa vida?
Acho que desconcordo de Bucowiski....rs
bjo

Zil Mar disse...

Oi Vivian..

Acho que o amor é descriminatório sim...pq nos acomodamos com uma pessoa...e dai perdemos o interesse em conhecer outras...mesmo que não estejamos feliz...a gente se esquece no outro.

Adorei este texto...é pra refletir...muito!

bjo!

Zil

IsaBele disse...

O amor tem mesmo um "Q" de discriminação, de egocêntrico... Mas é tão bom de sentir!!!!

bjs!

Paula Barros disse...

É mesmo. Muitas vezes choramos por falta de um amor, mas quando o amor aparece, colocamos mil dificuldades, porque não é "o amor" que queremos.

beijo