domingo, 26 de setembro de 2010

A Mística da Dança!

Certa vez, vieram para corte
do príncipe de Birkasha
uma dançarina e seus
músicos.

Tendo sido admitida na corte,
ela dançou a música da
flauta, do alaúde e
da cítara.

Executou a dança das chamas
e do fogo e a da espada
e das lanças.

Dançou as estrelas e o espaço
e então, ela dançou a dança
das flores ao vento.

Quando terminou, aproximou-se
do príncipe e curvou o corpo,
em reverência, diante dele.

O príncipe ordenou que ela se
aproximasse e perguntou-lhe:

- Bela mulher, filha da graça e
do encanto, de onde vem sua
arte e o que é este seu
poder ao comandar todos
os elementos em seus
ritmos e versos?

E a dançarina, aproximando-se,
curvou mais uma vez o corpo
em reverência e respondeu:

- Sua alteza, sereníssimo senhor,
eu não sei a resposta para
suas perguntas.

Somente isto eu sei:

a alma do filósofo
habita sua mente,

a alma do poeta habita
seu coração,

a alma do cantor habita
sua garganta,

mas a alma da dançarina
habita todo o seu
corpo."

Khallil Gibran

...observe se consegues ficar estático
ouvindo a música, senão...
dance
dance
dance
dance!!!

17 comentários:

Suziley disse...

A alma da dança habita todo o corpo. Lindos versos de Khallil Gibran, Vivian. Linda música!! Obrigada pela partilha. Beijos, bom domingo ;)

IsaBele disse...

E a sensibilidade habita toda sua alma, querida...

Obrigada por partilhar das coisas bonitas conosco.

Abraço afetuoso.

:)

Luís Coelho disse...

Lindo post como todos os anteriores.
Não dá para ler a correr, mas para pensar e viver com todo o nosso corpo e sentimentos.

Juci Barros disse...

Amei!
Beijos.

Daniel Savio disse...

Bonito, mas inspiração só é o norte dela, a graça veio com horas de treinos...

Hua, kkk, ha, ha, acho que vou ficar um pouco nostalgico quando parar um dia para ler alguns dos meus posts (é, ainda nunca fiz isto, mas sempre há o amanhã).

Fique com Deus, menina Vivian.
Um abraço.

Franck disse...

E eu queria ter todas essas almas...
Bjs*

diariodumapsi disse...

A dança nos torna mais vivos! Que possamos então dançar a vida!
Gd beijo

Érica disse...

é só ouvir o som da vida... é impossível ficar parado!

bjãO

mundo azul disse...

________________________________


Muito lindo! Gosto muito do Khallil Gibran...Há muita sabedoria nas suas palavras!
Obrigada, por partilhar conosco, Vivian!
Beijos de luz e o meu especial carinho...

Graça Pereira disse...

Gosto do K.Gibran na sua imensa sabedoria... na tranquilidade que transmite...parece-me que nos fala desde sempre e com a particularidade de ser hoje, ACTUAL!
Beijo e boa semana
Graça

tossan disse...

Danço com você. Tanta sensibilidade e criatividade só podia vir de você uma pesquisadora da vida e da sabedoria. Sorte minha que navego por aqui e aprendo as tuas doces lições. Eu sou o felizardo. Beijo moça
Veja a lição do fotografo meu irmão e amigo que me ensina quando peço por favor:
http://baracal-press.blogspot.com/

in natura disse...

O sujeito aí de cima já disse tudo. Fascinante Vivian. Gostas de Fernando Sabino? Beijuss

Branca disse...

Adoro a sabedoria de Khallil Gibran!
Lindos versos!!!


Tenha uma semana de muita paz! Bjo!

Homens são tolos.... mulheres também!! disse...

Lindo poema....
A dança envolve, liberta, relaxa...... então dance... mesmo que seja meio sem ritmo como eu...rs

beijos, estou de volta

Andradarte disse...

Muito belo....Dançarei...

Beijo

myra disse...

Gibran é maravilhoso!
e voce tbem por colocar estes lindos versos dele!
mais beijos

Pensador disse...

Um bonito texto do Khalil Gibran, este. Sua observação final, porém, não engana: tem um dedinho do Osho aí...
Que você possa dançar muito, Vivian!
Beijos, bom fim de semana!