terça-feira, 13 de julho de 2010

Frida e a solidão!

Pinto a mim mesmo porque sou
sozinha e porque sou o
assunto que conheço
melhor.

Frida Kahlo

...já parastes para pensar quão
solitários somos, independente
do mundo lá fora?

26 comentários:

Vivian disse...

...desde que entendí que somos
sós, independente do mundo
fervilhando ao nosso redor,
passei a administrar esta solitude
e dela faço a melhor cia para meus
momentos de reflexão.

não podemos sequer sonhar que
o outro nos preencha se estamos
sempre diante de vazios, ôcos,
assim como nós mesmos, e portanto
é loucura depositar nossas ilusões
anseios e carências no mendigo
ao lado.

bastemo-nos portanto, e assim,
como seres completos, aí sim
podemos somar com o outro.

Franck disse...

Frida e suas cores, sua solidão, sua paralisia, seus amores não correspondidos...Li a biografia e vi várias vezes o filme sobre ela, me emocionei e me emociono sempre!
Bj*

Paula Barros disse...

Vivan, já pensei sim, já senti.

Somos solitários na alegria e na tristeza. E penso que mais na alegria que na tristeza.

beijo

Chica disse...

Temos e precisamos nos autoconhecer...Lindo!beijos,tudo de bom,chica

Eduardo Miguel disse...

Olá amiga Vivi!!! tenho lido suas postagens e em especial a que narra seus novos desafios me tocou muito, foi emocinante ver as palavras que naturalmente se desafogavam esei que sempre acaba meio como um acerto de sí com sí mesmo meio que procurando colocar as idéias deste novo tempo no seu devido lugar.
Nesta postagem que fala sobre Frida que especial como era sabia como ninguém as agruras de se ter que caminhar só e que mesmo que se sinta só por que no fim deve ficar com a parte prática e mais pesada para sí, lá no fundo sei que não está só, sempre que leio suas postagens mesmo que nada comente sinto sua espiritualidade preparada pela energia de quem sabe que há alguém e sempre um caminho que é o nosso, não sei e nem sou de escrever muito gostaria muito de poder sentar e puxar um bom papo sobre muitos dos temas co relatos que já abordou nestes tres anos que lhe acompanho e que vou aprendendo a conhecer, gostaria que fosse possível de verdade que pudesse sentir a veracidade de meu carinho e respeito, minha energia e minha vontade de que tudo ocorra sempre da melhor forma possível.
Vivi na medida do possível estarei sempre por aqui e ao seu lado neste mundinho virtual mas de coração saiba que torço para que tudo s ajeite e que saiba que minhas palavras são naturalmente verdadeiras, respeitosas e de coração, vou amanhã para Brasília e de lá até Alto Paraíso em Goiás por isso me ausentarei até domingo, na volto entro mais uma vez em contato.
Força e muita energia, bjs em sua alma e uma grande abraço em seu companheiro.

piedadevieira disse...

Obrigada pela gentileza do bem vindo. Também sou uma amante da Frida.Gostei do seu cantinho, por isso estou aqui.Deixo o meu convite singelo para visitar-me também.
Beijos

tossan® disse...

Uma vez eu falei em solidão quando postei uma foto do poente, uma amiga me disse que não era solidão e sim solitude. Eu nunca esqueci. Viver na solidão tem que saber é uma arte, se não souber chora e sofre... Existe muitas pessoas querendo a nossa mão. Beijo

Abraão Vitoriano disse...

Vivian,

Estou cá pra te convidar para a blogagem coletiva: “Tempos de criança”, em virtude do aniversário de dois anos do meu blog. A intenção é narrar livremente imagens, memórias e impressões da infância, e no quanto isso foi importante para sua vida. Pode ser em poema ou prosa, como preferir...
Quero comemorar em grande estilo com a participação de todos no dia 16 de Julho (sexta-feira) a partir das 9h00 da manhã. Muito obrigado, e espero sua confirmação até quinta para expor na minha página os endereços dos respectivos blogs integrantes.

Abraços e beijos,
Do menino-homem

VALVESTA disse...

Algumas vezes precisamos de solidão, até pra organizar as ideias, linda noite amada, com sonhos de paz amor e esperança bjos.

Solange Maia disse...

Vivian,

Adoro Frida Kahlo... sua solidão, sua condição, seu amor doído, seus pincéis... tenho um auto-retrato dela aqui no escritóio de casa, e uma fotografia tirada por Diego Rivera do seu atelier dias depois da sua morte, ainda intocado...

identifico-me com essas dores... com essa solidão... é a que temos mesmo, e independe de companhia...

bela postagem !

beijos

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Eu sou diferente...
os gatos ron ron
Viver nunca é um bom motivo
Mas posso enxergar +++ do que as minhas lágrimas*
Excerto de poema de Fridha Kahlo*

Viver é O Motivo e sempre é possível enxergar o Outro, apesar das lágrimas e dos risos*
Bela postagem, excerto do livro *Grandes Mulheres, Vidas Trágicas.*, que fala da vida de mulheres que sempre dependeram dos outros. Mas Fridha é um exemplo de superação, como as demais.

Solitude é ótima e poucos a alcançam!
Bela postagem!
Tenha Bons Dias.
beijos*
Até++++
Renata

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Olá,Vivian!

Penso muito na solidão das pessoas,cada um de nós com seu universo particular que ninguém é capaz de decifrar...

Sempre me mostra por onde andam meus pensamentos...

Um beijo,saudades!

Sonia Regina.

Sonhadora disse...

Minha querida
Um belo tema, eu adoro a pessoa que foi, a força e o sofrimento, os amores e os desamores...acompanhada e só, acho que foi a sua vida.
Adorei.

Beijinhos
Sonhadora

Ivan Bueno disse...

Vivian,

Acho que a solidão é condição humana de existência, por mais amigos que tenhamos, somos nós por nós mesmos nas questões mais doídas e difíceis da vida. Aquelas que ninguém pode viver/sofrer por nós.

Frida reflete bem isto por sua história cheia de amores e dores. Dores que ela não podia compartilhar com ninguém. Daí entra a questão: mais doída que a sensação de se descobrir solitário (seja em que conotação for) é se descobrir desamparado. Somos seres desamparados e, querendo ou não, destinados a encarar a vida. Há quem encare de frente, há quem finja não ver ou até olhe de soslaio. É o desamparo que faz os seres procurarem suas crenças para tentar alcançar algum alívio, sem aqui querer me aprofundar nesta questão.

Beijo grande,

Ivan Bueno
blog: Empirismo Vernacular
www.eng-ivanbueno.blogspot.com

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Eu gostei da sua reflexão.
Realmente somos solitários, temos apenas a nós mesmos, na maioria das vezes.

ƸӁƷBeautiful Butterfly WomanƸӁƷ disse...

BELA REFLEXÃO.PARABÉNS AMEI!!!SOMOS SOZINHOS DE NÓS MESMOS.SEU BLOG É UM ENCANTO.BEIJOS AMIGA!!!

Camilla Tebet disse...

Primeiro: morro de saudade de vc. Não te ler é uma das piores coisas que fugir do meu blog.

Já parei pra pensar sim, e nessa solidão temos é que nos conhecer bem, para que ela não vire um abismo, não é linda??
Beijos com amor e saudade
Camilla

Andréia disse...

Bom dia Minha Querida!!!

A Solidão faz parte de todos nós seres humanos..
Uns á administram bem..
Outros não..

Beijos amada

myra disse...

FRIDA, uma enorme artista e GRANDE mulher.....
sim, a solidao é tremendamente horrivel.....sei disto, mas como disse Garcia Lorca:" da solidao vimos para a solidao vamos"...

tudo lindo , formidavel aqui minha linda Vivian, muitos beijos

in natura disse...

Vou ler sobre Frida. Da solidão ainda não sei nada. Muito bonito e é bom estar aqui. Beijuss

AFRICA EM POESIA disse...

Amiga

Quando a saudades me invade ...não canto o fado ...
visito os meus amigos.
obrigada pela tua presença sempre linda no meu cantinho
Beijos

VELOSO disse...

A solidão nascemos só vivemos só e morremos só temos apenas pequenas interferência no nosso universo interior feitas por pessoas muitos especiais!

Bia Maia disse...

Vivian...

isto é lindo demais...
Peço-lhe a permissão para usar esta mesma frase de Frida em meu blog, tá???Pois me tocou PROFUNDAMENTE...

beijos no seu coração,

Bia

Liza Leal disse...

Gosto qdo a solidão se faz elo entre nós...E a paz de espirito é se faz grande companhia.

=)
bjbj

Juliana Lira disse...

Já!

Que pena que eu não sei pintar ...


Milhões de beijos

Daniel Savio disse...

concordo que somos em parte solitários, mas temos três coisas que forma esta nossa "solidão": a nossa parte carnal, o nosso coração (que amamos) e nossa alma (os que nos motiva)...

Então dá para a gente se manter bastante ocupado.

Fique com Deus, menina Vivian.
Um abraço.