domingo, 30 de setembro de 2012

Tambores da alma...

Se um homem marcha com passo diferente
dos seus companheiros, é porque ouve
outro tambor.

Henry David Thoreau

(12 de julho de 1817 - 6 de maio de 1862)

17 comentários:

Vivian disse...

...eu penso que o melhor
'tambor', o som mais doce
que podemos ouvir é o
som da nossa consciência,
que nada mais é do que
a voz de Deus em nós.

fora isso, é tudo barulho,
tudo ruído que nos desvia
do caminho da paz, da
serenidade, e da certeza
de que nós mesmos devemos
ser os pastores de nossos
atos, de nossos feitos
com sabor de bem feito!

EDER RIBEIRO disse...

Vivian, depois do q vc disse, só me restar concordar contigo, pois faço das suas palavras as minhas. Bjos e uma boa semana.

✿ chica disse...

Que maravilha isso e como existem tambores por aí...Adorei!beijos,obrigado pelo carinho,chica

Ingrid disse...

e isso é viver..
beijos linda Vivian.

Jose Torres disse...

Ou será porque ouve mal???
Um abração e boa semana.

Luís Coelho disse...

Saudades de a ver cá por casa e das suas amáveis palavras.
Saudades também destas leituras que nos trazem sempre uma lição de vida.
Quando queria aceder dava-me sempre sinal de perigo.
Espero que toda a situação esteja resolvida.
Beijinhos e votos de um mês de Outubro cheio de saúde paz e muitas alegrias.

:.tossan® disse...

É desses homens que precisamos, todavia seguimos em frente depois de ouvirmos esse mesmo tambor. Beijo moça

isa disse...

Concordo com vc, Vivi querida.
A minha consciência é barulhenta...
Amei esta ideia.
Beijo.
isa.

Luna disse...

cada um sente os proprios acordes do coracao tocados pela alma
beijinhos

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Que lindo Vivi!
É verdade o melhor tambor é nossa consciência por que a voz de Deus dentro de nós, mas só ouve quem quer, quem de fato quer ser e fazer feliz...um grande beijo e muito obrigada por seu carinho sempre.

Marcia Melo Morais disse...

De fato Vivi os ecos da nossa consciência nos guia mesmo que por caminhos diferentes a grandes caminhos...caminhos so da gente !!Beijos lindona Fadinha Azul!

Paulo Francisco disse...

Ando ouvindo demais barulhos alheios.
Adorei!
Um beijo grande e obrigado pelo carinho de sempre.

O Profeta disse...

De folhas de Outono se coroa uma tonta
Lancei pedras sobre as ondas furiosas
Teimosamente arde neste peito uma raiva
E vi muito lixo num covil de raposas

As coisas que um poeta vê
As coisas que que invadem uma alma demente
Num silencio contaminador, estonteante
Ouvi palavras de amargo presente

Cheguei finalmente a uma certa praia
Fiquei encoberto por uma mancha de gaivotas
Na impressionante fachada da minha alma
Fecham-se com estrondo todas as portas


Doce beijo

Severa Cabral(escritora) disse...

A voz de Deus sempre atua em nossos pensamentos nos fazendo barulho,da qual nossa consciência sempre nos acusa...
bjssssssssssssssss

Sylvia Rosa disse...

Sempre muito sábias suas palavras minha amiga, e esses tambores nos agitam sempre por alguma razão. Bj amiga linda

myra disse...

cada quem seu "tambor", o teu é lindo!beijos minha querida Vivian

Manuel Luis disse...

Acho que por vezes tenho desses desvios.
Bj