domingo, 28 de agosto de 2011

Fragmentos De Uma Alma Aprendiz!

Da infância de lutas guardei
os vestígios de sorrisos.

Para gravar minha passagem nas
lousas da vida, busquei carvão
e giz.

Com os fragmentos das lágrimas
derramadas fiz cavaletes para
amparar as alegrias
esporádicas.

Das dores fiz escada que galgo
rápido, lépida, leve.

Nas estradas retas ou tortuosas pelas
quais passei, joguei sementes de
acácias para enfeitar o olhar

Fiz dos pesadelos, sonhos possíveis.

Dos soluços fiz canções que
escoaram as decepções.

Dos amores guardei as sensações.

Os nomes gravei na alma.

Às emoções dei de presente um gaveteiro
para que nele comportem tudo que até
hoje vivi e guardo como lições
de uma alma aprendiz!

19 comentários:

Ingrid disse...

que lindo Vivian.. um sentir profundo..
beijos linda!

Marcia disse...

Vivi que lindo!
Boa semana pra vc fadinha bjs!

placco araujo disse...

Linda imagem amiga..
Lindo post..
Um beijo..

Edson

Alê disse...

Que leveza,

Assim, a semana começa cheia de poesia,


Bjkas

✿ chica disse...

Passar aqui é ver e ler coisas lindas!beijos,ótima semana!chica

Sandra Puff disse...

Que lindo!, Vivi...
"Nas estradas retas ou tortuosas pelas /quais passei, joguei sementes de/acácias para enfeitar o olhar"....de uma delicadeza que nem sei explicar...
Sei pedir, gostaria de levar para meus alunos...já copiei...está nos meus arquivos de Bons Poemas...só falta sua permissão...
Um beijo.

Vivian disse...

Bom dia,Vivian!!

Belíssimo querida!!!
Uma alma aprendiz vivendo com sabedoria!!!
Beijos pra ti!!!
Bom início de semana!

Tatiana Moreira disse...

Lindo de viver!!!
Todos somos aprendizes, mesmo que não possamos perceber!
Tenha uma ótima semana!
Um abraço carinhoso

myra disse...

excelente foto! lindissima!
e os "nomes gravados na alma", que belloooooo!
beijos minha querida

Andradarte disse...

Maravilha...Que poesia...
Beijo

mfc disse...

Que linda que é a tua alma, Vivian!

Ricardo Calmon disse...

Malaika,oração essa kityzware a voce ofereço, assim como te peço,em gaveteiro esse,mesmo em papel de padaria,campos meus eternizados permanecessem.

bzuz amada amiga

Malaika!

Ricardo Calmon
El Semeador de Almas Girassólicas

EDER RIBEIRO disse...

Uma alma assim, aprendiz, ensina-nos. Bjos alma profa.

Sonhadora disse...

Minha querida vivi

Passando para deixar o meu carinho e um beijinho.

Rosa

Lua Nova disse...

É isso... seremos sempre aprendizes não importa a idade que tivermos. E enquanto estivermos aprendendo continuaremos crescendo.
Beijokas, Vivi, e uma semana de agradáveis aprendizados.

Donnefar Skedar disse...

Gostei do seu blog, passando aqui pra dizer que sou o Donnefar, parceiro la no blog, Clube dos novos autores e também para dizer que novos autores estão divulgando suas obras com a gente na parte de Obras no blog, então não deixe de conferir e participar das promoções. Tenha uma ótima semana.

Vivian disse...

Olá,Vivian!!

Deixo meu beijo e meu carinho pra ti!!!
Tenha um lindo dia querida!!

BRANCAMAR disse...

Adorei o poema, com versos fruto de uma alma sábia e linda.

Não tenho palavras, é tudo quanto és, quanto cresceste e venceste e mesmo assim tão humilde que te mostras perante a vida.

Beijos

Pensador disse...

Lindo, Vivian!
E, se a alma é aprendiz, e a alma sábia sempre se considerará aprendiz, hoje foi um mestre, a muito ensinar.
Beijos!