sexta-feira, 22 de julho de 2011

Cartas da Vida!

Pessoas são como envelopes
remetidos pelo correio.

Para saber o conteúdo
é preciso abrí-los.

Alguns trazem cartas de amor.

Outros, recados de dor.

De qualquer forma há que
se ter a coragem de
abrí-los.

20 comentários:

Luís Coelho disse...

Li e reli mas ainda assim parece-me que existe um paralelo, mas não muito próximo.

As pessoas são uma caixa de surpresas. Aquilo que trazem dentro será a sua própria vida e alegria ou sofrimento.
Porem cada uma abre-se a si mesma e deixa transparecer para fora aquilo que é na verdade.

olhar disse...

os olhos de quem olha também fazem toda a diferença...

beijos minha querida!

Bia

isa disse...

Quantas vezes...
Beijo.
isa.

Um brasileiro disse...

oi. gostei. tenha um otimo fds. apareça por la. abraços.

✿ chica disse...

PROFUNDA E LINDA VERDADE!BJS,CHICA

mfc disse...

Há de tudo... é preciso conhecê-los!

Andradarte disse...

O difícil....será deixa-los fechados...
Beijo

Eduardo Miguel disse...

Chegou carta prá você! rs será que é assim? bjs e grande final de semana!

Sam disse...

É uma descoberta corajosa, num arriscar-se sem saber oq encontrará.
É preciso desembrulhar as pessoas, assim como as cartas, bem como os presentes.

Lindooooooooooooooo!!!

Saudades estava, flor.

Meu carinho
Samara Bassi

Vi, qual o nome dessa musica q ta de fundo, pleaseeeeee... gamei! rs

Sheila disse...

Coincidentemente vim aqui pra te dar um abraço de amiga 'virtual' seja lá o que isso for, acredito na força do espírito, mais do que no virtual, por isso sim estamos conectadas, além disso adoro receber seus e-mails. Agradeço todas as suas "cartas" e "bilhetes". Beijos e tenha um belo final de semana.

Gilmara Wolkartt disse...

Ei querida!
Acho que vc é dessas cartas que mesmo quando trazem recados de dor, transmitem amor.
Bom fim de semana.
Gd Beijo

in natura disse...

Abro todas, as tuas também se me escreveres. Lindo! Beijus

Liza Leal disse...

...E se não abrimos, cm sabê-los...
Senti-los!?

bjo, Vivi lindona!
=)

Memória de Elefante disse...

Portanto em cada "carta" filtram-se ritmos diferentes de fala e canção.A experiência da própria vida no fundo é um jogo de caleidoscópio:na surpresa das mutações, uma ou outra é de tão rara beleza que desejamos fixá-la para sempre.
Enigma que tudo nos convoca.


Excelente como sempre teus posts me levam à reflexão!
Um beijo carinhoso e ótimo fim de semana!

myra disse...

sim, querida e linda Vivian temos que abrir todas as cartas, e mtas vezes nao é facil!
beijos muitos

Paula Barros disse...

É difícil a relação com as cartinhas...e abrir os nossos próprios envelopes é uma surpresa sem fim.

abraço

Maria Teresa de Brum Fheliz Benedito disse...

Olá Vivian!
Sempre me descubro a cada dia quando me abro para mim e por certo, ganho com isso principalmente quando o que está dentro de mim não condiz com tudo que sou de verdade,é um paradoxo.
Parabéns pelo blog,sempre voltarei aqui para visitar você através dos seus escritos.
Beijo no coração e seja feliz sempre,Maria Teresa

Maria Teresa de Brum Fheliz Benedito disse...

Olá Vivian!
Sempre me descubro a cada dia quando me abro para mim e por certo, ganho com isso principalmente quando o que está dentro de mim não condiz com tudo que sou de verdade,é um paradoxo.
Parabéns pelo blog,sempre voltarei aqui para visitar você através dos seus escritos.
Beijo no coração e seja feliz sempre,Maria Teresa

Pensador disse...

Infelizmente, porém, algumas pessoas estão mais para cartas-bomba...

Beijo!

Andre Martin disse...

Cartas, não, Vivian... EMAILS!!!

Hoje em dia tem gente que nem sabe pra que serve um envelope, selo, nem caneta...