terça-feira, 26 de abril de 2011

????!!!

Não me ocorre nada que
não seja esta pergunta!

Mas...
pensando bem, chego a seguinte
conclusão:
espíritos 'pequenos' não vacilam
um minuto sequer para emporcalhar,
enfeiar qualquer espaço que seja,
mesmo debaixo de tão lindo
céu azul.

20 comentários:

Lila disse...

Ahhhh minha amiga menina dos olhos lindos....mais uma vez estamos na mesma.
Por quê???????????????????
Bjs meus.

✿ chica disse...

Falta do que fazer???Pegassem esses sapatos e ...

Indignação mesmo!!! beijos,chica

Paula Barros disse...

São tantos os porquês.

Decidiram voar, e lá de cima soltaram os sapatos para se sentirem mais livres. Bem, se fosse eu voando neste céu azul, imenso, e pulando nas nuvens, eu largaria logo os sapatos.

um beijo

isa disse...

Às vezes tb me pergunto o mesmo.
Lindas as rosas!
Beijo.
isa.

MM - Lisboa disse...

Pois.. só quem os lá colocou é que saberá a resposta!!

mfc disse...

Só pode ser uma brincadeira de mau gosto!!!

Lily disse...

Querida,

Vi a foto e fiquei rindo... eu também nunca entendi o porquê disso. Acho estranho também quando vejo sapatos jogados nas sarjetas.

Beijos, saudades!

Suzana/LILY

brisonmattos disse...

Por que o quê? Por que tudo tem que ter um porquê? Ara ara! Deixa o sapato lá menina.

Liza Leal disse...

Vai saber!!...
As rosas sim, fazem todo o sentido!

rs
bjo, Linda!

Sonhadora disse...

Minha querida Vivi

E vale a pena perguntar alguma coisa? A imagem vale por mil palavras.

Deixo um beijinho carinhoso
Sonhadora

Andradarte disse...

Como não vamos para lado nenhum....para
quê ter os pés apertados???
Beijo

Constantino, Guardador de Vacas disse...

Algumas vezes ocorre-me: para quê?

valquiria calado disse...

Isso é vontade de andar nas nuvens, será que voou


bjos

Sylvia Rosa disse...

No meu quarteirão tem um igualizinho a esse, e sempre que vejo faço a mesmíssima pergunta???????????????
Bjs querida
Grata pelo carinho de sp

xistosa - (josé torres) disse...

"Por quê"?
ou
"porquê"?
Antes deste maldito acordo ortográfico que não agrada a gregos e troianos, digo, brasileiros e portugueses, deste lado era "sempre", mas sempre "porquê", (não existe a forma por quê.
Por que nos querem mudar?
Este "por quê" é mesmo um "par de botas" (aqui, 'par de botas' é um assunto complicado, intrincado).
Neste caso são dois pares.
Um abração.

FlorAlpina disse...

Das perguntas que ninguém sabe as respostas...

Bjs dos Alpes

Cristiane disse...

Acho que é o desejo de estar nesse céu azul!Bjks saudades das suas poesias...

Ana Martins disse...

É verdade Vivian,
espíritos pobres mesmo, nenhum outro se lembraria de tal coisa.

Beijinho,
Ana Martins

Pensador disse...

"Perdoai-os, Pai! Eles não sabem o que fazem!"

Beijos!

Daniel Savio disse...

Infelizmente, um dos mãos dos seres humanos...

Fique com Deus, menina Vivian.
Um abraço.