quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

MUITO pequeno!

"Quando um homem está envolvido em si mesmo,
ele se torna um pacote MUITO pequeno."

John Ruskin

...quantos "pacotinhos" encontramos circulando por aí, nas filas de bancos, mercados, cinemas, teatros, hospitais, no trânsito, no dia-a-dia enfim?
notem que estes "pacotinhos" aos quais me refiro, nada mais são do que pessoas egocêntricas que olham somente para sí e seu próprio umbigo, por isso se tornam pequenas.
pensem...

29 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

É por ai mesmo.

beijooo.

meus pensamentos disse...

tem premio pra vc lá no blog!

Pena disse...

Linda Amiga:
Um Pacote Muito Pequeno feito de imenso.
"Isto" é poético. Um sinal de mudança e atitude crítica admirável.
Fabulosa.
VOCÊ é um ser humano perfeito, sabia?
Beijinhos de encanto e amizade com respeito e estima.
Bem-Haja, amiguinha de sonho.
Cordial e afavelmente

pena

Peculiar, o seu "sentir". Repleto de significação, doce amiguinha.

Tata disse...

Oi Vivi,

Verdade, eles ficam tão entretidos em si mesmos que não conseguem ver a seu redor....

Tão ocupados e cheios de si mesmos, que ão dão espaço para mais ninguém!

bjinhos

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Para que o ser se revele é preciso rasgar os invólucros,,,

Beijos!Sonia Regina.

Betty Branco Martins disse...

.______querida Vivian






na verdade

não somos muito mais que isso



_______se insistirmos no invólucro_______...



_______________///







beijO______ternO

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem selinho la pra vc.

Fim de semana de luz.

beijooo.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Desde que vi o filme "O Turista Acidental", eu me solidarizo com essa "pequenez" que você aponta. Moro em São Paulo, fico na fila no Banco com os outros. Como vou saber se aos olhos deles não sou "pequena"? Sim, porque nesta metrópole, ninguém conhece ninguém, ninguém cumprimenta ninguém. Não sei se vc assitiu a esse filme que citei, mas o protagonista aparentava ser realmente pequeno. Foi preciso que uma mulher o tirasse da sua pequenez para que dele afloresse toda a sua grandeza. Mas tive uma colega na Faculdade que era realmente pequena. Extremamente ensimesmada, se o foco da atenção não estava voltado para ela, fazia tudo para aparecer. Dizia que nunca iria casar-se e ter filhos, porque os filhos tiram a individualidade da mãe. Casou-se, teve filhos, e melhorou muito. A maternidade a engrandeceu, mas ela ainda reclama do marido, de tudo o que for possível.
Concordo com o que diz, só acho apressado julgar alguém pequeno sem conhecê-lo, pois esse alguém pode estar pensando o mesmo de quem assim o julga.
Beijos, Vivi,
Renata

Nanda Assis disse...

sim, mas o mais importante é o que tem dentro destes pacotinhos.

bjosss...

FRAN "O Samurai" disse...

Oi querida!

Hummm... Para avaliar o pacotinho, temos que provar o conteúdo!

Muitos pacotes podem parecer pequenos diante de nossos olhos ou mesmo depois de uma leve "primeira impressão", mas tudo deve ser observado e questionado.

Do tipo: "Porque ele é assim? O que o levou a ser assim? Qual é o seu passado?"

Talvez no fundo de um pacote pequeno, podemos encontrar algo com sabor especial.

Um post pensante e muito precisa-se do ponto de vista.

Beijos Vivian.

Daniel Savio disse...

As vezes não importa ser um pacotinho, e sim a surpresa que vem dentro...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade.

Fique com Deus, menina Vivian.
Um abraço.

Frederico Salvo disse...

Todos nós temos defeitos e podemos nos tornar aos olhos de alguém um "pacotinho". É bom exercitar a auto-crítica e saber absorver opiniões a respeito, caso aconteçam.
Beijo!

Carlos Barros disse...

Querida Vivian,
Deixo um pensamento no qual acredito que reflete bem a intenção de Jonh Ruskin em suas palavras.

“Vive mal quem só vive para si”
Alfred de Musset

Beijo.

Mai disse...

UMBIGOCÊNTRICO...
Pacote de umbigo.

Beijos.

Adorei esta de hj.

Sergio Bianchi disse...

Eu, "pacotinho", só preciso do seu laço, do seu abraço...
Como quem cuida para não deixar cair.

Atribulações várias, me fizeram impossibilitado de passar por aqui, mas eis que como uma fênix tropicalizada, revivo.

Mais leve, mais chato, mais ácido, mas com renovada capacidade de rir de mim mesmo.

Amigos são assim mesmo: Imprimem uma sequencia nova no nosso DNA, vão, voltam, e é sempre como se nunca tivessem partido.

Saudade horrorosamente recíproca.

Beijos!

Izinha disse...

Só vc mesmo para uma interpretação perfeita...e conheço alguns "pacotinhos".

bjos carinhosos!

Atre disse...

problema de certos pacotinhos é que eles se apresentam delicados...
coloridos...atraentes aos nossos olhos, mas basta a gente chegar perto eles explodem em tinta negra e contaminam a alma da gente.

Tá CHEIO desses por aí...
e por aqui.

abraço

tesco disse...

Não podemos porém desprezar os pacotinhos, é preciso antes saber dos problemas que o levaram a fechar-se. Um problema pode parecer gigantesco para uns e não para outros. Como diz o provérbio navajo: "Ó Grande Espírito, não me permita criticar o meu irmão enquanto eu não houver caminhado pelo menos uma lua com suas sandálias". _Beijos.

Erica Maria disse...

Sabe que eu conheço muitos pacotinhos?

Que tristes eles são!!!

Ainda bem que nunca é tarde pra deixar de ser pacotinho...

Bjs!

CarlaSofia disse...

Sem dúvida querida Vivian, tanto olham para si que o seu universo encolhe.
deixo aqui um beijinho de LUZ para si

Isa disse...

Vivi,bom dia.Se o mundo ñ fosse tão egoista,se as pessoas ñ olhassem só para o seu umbigo...
o Mundo seria bem melhor.
Feliz Dia.
Beijoo.
isa.

Thiago L. disse...

Hmmm é verdade mesmo, e essas pessoas egocêntricas só tem a perder com isso.

Bjss

Tatiana disse...

Oi Vivian...
esses pacotes são complicados por demais de abrir!

São as surpresas do caminho...
Precisamos estar atentas!

Beijinhos

Joshuatree disse...

As vezes, individualizar-se, é concentrar a administração do risco e da dor que é possível suportar.

Vá saber da conveniência de cada ser.

grande abraço no coração.

ze disse...

Pequeno ou grande, de uma cor ou outra, é como a história do aprendiz e o mestre:

Se ele não está deixando abrir, então não adianta tentar (forçar).

Beijos

Claudia Goulart disse...

Refletindo sobre esse momento egocêntrico, crie um selo que está no Cenário, para quem quiser aderir, sobre a Gentileza.
Chegar lá é um caminho longo, difícil que precisa ser trabalhado diariamente, até se tornar um hábito.
Pratico e divulgo essa atitude.
bjs

paula barros disse...

Tem vários pacotinhos. E sempre que avalio o outro penso.E eu quantas vezes no dia tenho sido pacotinho, pacotão, mala sem alça....E nem nos damos contas que motivos até que nem nos damos conta somos mais um pacote nesse mundão.

abraços

JOICE WORM disse...

Tudo é relativo. Há pacotes pequenos que nos ensinam muito. O próprio John Ruskin é um pacote do tamanho da proporção que ele se deu a conhecer. Não chegou a ser um pacote grande como o Dalai Lama, por exemplo...

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,