sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Meus Cacos

...há exatamente 18 meses tive a minha vida
transformada em pequenos cacos.
mas nem por isso deixo de juntá-los dando-lhe
uma forma agradável aos olhos e aos
sentidos de quem os vê!
cada caquinho alí recolocado, vem com a certeza
de que para tudo há um propósito de Deus!
e eu dou glórias a Ele por isso!!!

...estes cacos aos quais me refiro, é resultado do incidente que vitimou meu marido com um AVC gravíssimo e do qual ainda ele se encontra acamado, portanto dependente dos meus cuidados, apesar da grande melhora que estamos presenciando no dia a dia em seu estado físico, e das quais eu pretendo falar num futuro post.

...você alguma vez já se sentiu em cacos?

pense...


28 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Sempre há aqueles dias em que precisamos juntar todos nossos caquinhos para vencer até as pequenas coisas do cotidiano...NOs sentimos cansados, acreditando até que a vida está contra nós...Mas graças a Deus e ao tempo, o que hoje nos cansa, amanhã nos conforta. Não é fácil acompanhar a doença de quem amamos, mas está vivo, e enquanto vivo tem chances...então veja que caquinhos fazem parte, mas na maior parte das vezes somos heróis da nossa própria história, sinta orgulho de estar vencendo a cada dia, mais uma pequena batalha.
Beijos e obrigado pela visita

tossan disse...

ESTE QUARTO
Mário Quintana

Este quarto de enfermo, tão deserto
de tudo, pois nem livros eu já leio
e a própria vida eu a deixei no meio
como um romance que ficasse aberto...

que me importa esse quarto, em que desperto
como se despertasse em quarto alheio?
Eu olho é o céu! imensamente perto,
o céu que me descansa como um seio.

Pois o céu é que está perto, sim,
tão perto e tão amigo que parece
um grande olhar azul pousado em mim.

A morte deveria ser assim:
um céu que pouco a pouco anoitecesse
e a gente nem soubesse que era o fim...

Linda! Todos nós de certa forma carregamos um fardo as vezes pesado ou leve. Beijo

Franzé Oliveira disse...

Se vão seis meses q meu coração ficou em pedaços e como vc estou juntando os cacos. Em casos diferentes eu sei,mas cada um junta os cacos da sua vida. E esses são os meus. Falar deles ajuda-nos a suporta-los. Bjo com ternura.

Isa disse...

Bom dia,kida Vivi.
Juntar os cacos,saber e ter coragem para o fazer,é nobre,é lição de Vida.De cada um sair mais forte,é um exemplo.E Deus está lá para dar essa força.
Já me senti em cacos,sim!
Algumas vezes,mesmo.
E baixei-me,entre lágrimas,apanhando cada um para ser a Mulher q.sou hoje.
Forte? Sim...
Mas sou tão frágil.Sou feita desses cacos todos...
Ternura e carinho.
Beijoo.
isa.

ICH LÍEBE DÍCH-2 disse...

Cacos....acho que não, estes já se tornaram poeira! Mas tenho pesadelos,com imagens que vão e vem, me atormentando e assombrando,.....que dura 11 anos...
Preferia que fossem cacos, porque ainda restaria a esperança de juntá-los....
Mas um pesadelo...Vivian te acompanha todas as horas..minutos e segundos...e não te deixa ser a pessoa que sempre imaginei que seria....
Mas vou levando..quem sabe um dia acordo e o pesadelo vai embora!!!
Bjs.....linda
Dina

Mai disse...

...É amiga, linda.
E quem colaria os tais 'caquinhos' se não nós mesmas, não?
Mas lembra os vitrais que, feitos de 'cacos' são belíssimos quando integrados em uma nova possibilidade e forma.

Beijos, Vivi.
Paz!

paula barros disse...

Quem um dia virou caco
Se viu em pedaços
E conseguiu se juntar
Viu o lindo mosaíco que se tornou
Mesmos que os pedaços
Sejam colados
Com desamor
Ingratidão
Traição
E dor
O verniz de quem se juntou
No fundo, no fundo
Foi o perdão
A compreenssão
E o verdadeiro amor.
Mesmo que tenha tornado-se uma
Linda peça multicor
Nunca mais será uma peça inteira
A dor será sempre lembrada
Como a cola que a colou



Ai, querida, cairam com as lágrimas essas palavras.

beijos, ótimo final de semana.

paula barros disse...

Querida Vivi

Alguns viram cacos mais cedos, outros mais tardes.
Uns cacos pequenos, outros cacos maiores.

A sabedoria é essa que você nos transmite todos os dias. Sabê-los juntar. Transformar os cacos numa nova peça.

Na dor crescemos. Embora as vezes não percebemos isso. Não entedemos.

Uma mensagem muito emocionante. Mostrando a sua força.

beijos na alma.

CarlaSofia disse...

Eu sinto-me assim neste momento da minha vida
deixo aqui um beijinho de força para si e para mim também

Tatiana disse...

Oi... suas palavras ganharam eco em mim.
Sei como é se sentir assim.
Peço a Deus que a fortaleça.
Desejo um belo final de semana para você!
Um beijinho carinhoso!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Eu me senti em cacos, bem pequeninos, um verdadeiro quebra-cabeças que demorei muito tempo para juntar. Já lhe falei da perda do meu filho e do meu marido. Fiquei de cama por quase um ano. Depois veio a culpa porque não queria morrer, queria viver, pois a vontade de viver é que nos move. Aos poucos, perdi a culpa, mas só acabei de juntar os cacos muito tempo depois. Era preciso solidão para juntá-los e eu não queria ficar muito sozinha, porque doía.
Mas juntei e estou aqui, vivendo até chegar o meu dia.
Um beijo, Vivi
Renata

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Vivi:
Espero, sinceramente, que você consiga juntar logo os seus cacos, porque o processo quanto mais longo, mais dolorido.
Beijos de quem admira a sua sabedoria e disposição para estar aqui todos os dias e nos fazer pensar. O seu Blog é único nesse sentido.
Beijos,
Renata

Pelos caminhos da vida. disse...

Estou juntando meus caquinhos!

Vim te oferecer mais um selinho, aceitas?

beijooo

Viver é Bom ! ! ! disse...

sim... já me senti em cacos, e já escrevi sobre isso tb... qualquer dia posto...
Mas, sei que sabes que é da junção desses pequenos pedaços que nasce uma nova luz, um mosaico de novas possibilidades... força amiga... a gente sabe se reconstruir... força ao maridão... paz...
Um abraço apertado e quentinho prá você...
Solange

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Ô, minha linda, obrigada por comentar no meu novo Blog. você não sabe o que significa para mim um comentário seu. Vieram-me lágrimas as olhos.
Beijos,
Renata

"giacomo" disse...

acredito na luz mostrada por quem sabe o que é a escuridão

é bela [não necessariamente agradável] a liberdade que decorre
de fazer o que tem de ser feito para cumprir os compromissos que nos amarram

aqueles compromissos que, se fossem negados, nos negariam a nós mesmos, nos anulariam

e então, onde está o mal com força suficiente para nos atingir?

e....

beijinhos, Vivian

LOURO disse...

Querida Amiga Vivian,
espero sinceramente ,que consigas juntar os teus cacos, o mais rapido possivel,e que DEUS te acompanhe!!!

bom fim de semana,

Beijinhos de carinho e amizade,

Lourenço

Nela disse...

Minha querida Vivi, hoje me sinto assim, estou muito triste, hoje dia 6 fazia anos de idade meu irmão mais velho...faleceu á dois anos com 56 anos, o mais novo fez dia 3 este faria hoje...adorava viver brincar, era uma força da natureza, acho, não posso dizer que tinha mais prazer na vida do que eu, e morreu com cancro no plumão, pensado sempre que era ele que iria matar a doença, não a doença a ele, amiga hoje o meu caco está todo partidinho, fora hoje já tive muitos cacos assim, mas a minha bela filha precisa de mim, e assim consegui sempre juntar os pedaçinhos, a sua tarefa é complicada sem duvida, mas fico mais animada de saber que a Vi além de não poder fazer mais nada, está a levar" o barco a porto seguro" amiga fique com Deus só ele nos pode ajudar, beijinhos...

Gleidston dias disse...

Um pouco de cada um de nós estampado sobre suas palavras,me revejo nessas frases que compoe seu texto,parabens.

Vivian, otimo fim de semana pra voce.

bjsss

poetaeusou . . . disse...

*
rudo se pode unir,
até os cacos . . .
,
o teu marido que acredite,
e muito força para ti, amiga,
,
*

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA VIVIAN, FORÇA E CORAGEM PARA VOCÊS OS DOIS... O AMANHÃ SERÁ MELHOR QUE HOJE... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

ze disse...

Força Vivian,

Porque,
o pior já passou.

Beijos

Daniel Savio disse...

Hum, espero que o seu marido se restabeleça rápido...

Eu sempre me sinto um caco, mas as vezes eu não importo em me sentir assim, as outras vezes sim...

Fique com Deus, menina Vivian.
Um abraço.

Pedro disse...

Já me aconteceu coisa semelhante com uma pessoa muito próxima... E hoje vive e motivada.

As melhoras, sempre!

Joshuatree disse...

Ainda que assim seja; sinto que teus fragmentos formaram um lindo arco íris em volta de ti.
Todo em cores de pleno e pronto restabelecimento.

Inshallah !

Claudia Goulart disse...

Em 2008 também tive que pegar meus cacinhos e ainda hoje muitos deles caem outra vez.
Não foi doença física mas doeu demais.
bj

Mimirabolante disse...

Várias vzs já me vi em "cacos"....acho que faz parte da vida de tds nós......o bom,é qd conseguimos reorganizar as imagens e harmonizar a pp vida.....e num futuro próximo,a mesma imagem se transformar em novos "cacos" outra vez,rrsrsrssr....Com carinho,desejo que seu marido fique bom logo....avc é mt triste...meu sogro teve um....machuca muito.....Como sempre,vc vai ao meu blog e deixa um rastro de gentileza....obrigada....tem um "mimo"lá para vc.....bjcas

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,