domingo, 30 de novembro de 2008

SILÊNCIO!!!!

Um beija-flor dourado ronda meus
pensamentos, e dele eu pude 'ouvir':

SILÊNCIO
Toda lamúria é apenas
o vento mudo
das ilusões.
SILÊNCIO
O espaço do nada entre o
artificial e o expontâneo.
SILÊNCIO
Uma flor encontra o sol
abrindo suas pétalas
frescas.
SILÊNCIO
A calma e a inteligência
envolvendo-nos em
renovação.

SILÊNCIO
Sem tempo nem espaço.
Apenas movimento e existência.

A revolução interior está
no silêncio da mente.

O poder do equilíbrio reside
nas raias do silêncio.

Portanto...
Aprenda mais a ouvir
do que falar.
muahhhh

36 comentários:

angela warlet disse...

Oi Vivian!
No silêncio encontram-se todas as palavras e todas as respostas.Maravilhoso teu texto e teu blog dá uma sensaçaõ de muita Paz!
Beijo,angela

Pelos caminhos da vida. disse...

O silêncio fala mais do que mil palavras.

Uma semana abençoada amiga.

bjs.

Jardineiro de Plantão disse...

Este teu texto está muito bom...

O silêncio é de ouro... a necessidade do mesmo é absoluta para um encontro com o eu.

Abraço

paula barros disse...

Oi, querida

Me lembrei que li de Mitch Albom -
"As Cinco Pessoas que Você Encontra no Céu", gostei muito.

Quanto ao silêncio por esses dias estava a pensar nisso, preciso tentar silenciar a mente.

Um belo texto, e adorei o beija-flor dourado.

Mai disse...

Olá, Vivian.

Hoje estou exercitando o silêncio, também.

Lindo, novamente.

Carinho.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Vivi:
Você assistiu ao filme "O Enigma de Kaspar Hauser". Kaspar Hauser era supostamente um príncipe que deesde que nasceu foi tracafiado num espécie de pocilga, porém fechada. Não sabia andar quando o tiraram dela. Perceberam nela uma intelig~encia extraórdinária. E um dia, com seus doutos professores todos quietos e o ento a soprar no matagal, ele lhes perguntou: É a isso que vocês chamam silêncio.
O silêncio faz barulho, fala, por isso é tão importante ouvi-lo. Tomamos as nossas maiores decisões em silêncio, ele é o nosso melhor ocnselheiro.
Um beijo de boa noite, querida,
renata

FRAN "O Samurai" disse...

Oi querida!

Ótimas palavras Vivian!

Se todos soubessem usar o silêncio... Mas nos dias de hoje é tão difícil. Muitos não dão ouvidos à ninguém. Preferem falar do que ouvir.

Mas os que ouvem e permanecem em silêncio, são sábios, que sabem analisar uma situação e tirar o melhor proveito de tudo.

É no silêncio que nasce as melhores ideias!

Beijos de seu silêncioso pupilo!

Um ótimo começo de semana!

Dona Sra. Urtigão disse...

Mas não basta silenciar os sons, é necessario aquietar as imagens e a imaginação.
Abraço.

Dauri Batisti disse...

Oi Vivian,
lindo demais isto que você escreveu. Lindo mesmo. Gostei muito.

O silêncio a mim também anda fazendo suas exigências.

Beijo.

Codinome Beija-Flor disse...

Vivian,
Lindo seu espaço.
Vou voar aqui sempre.
obrigada pela visita e por entender a necessidade dos nossos irmãos de Santa Catarina.
Bjo

Tata disse...

Oi Vivi,

O silêncio é o nosso bem mais precioso!

Saber ouvir o silêncio é um dom!

beijinhos

Juliana Lira disse...

kkkkkkkkkk sabia Viv que todo mundo me diz isso?Eu falo demais...
Mas vou guardar no meu coração seus sabios conselhos.
Lindo post

Mil beijos

João da Silva disse...

Vivi, minha linda, você é pura emoção e sabedoria.
Beijos, beijos, muitos!

fred disse...

Muito bom, Vivian.
Abraços

Cassius Vallim... disse...

Hummmm... essa é uma prática que costumo fazer quase sempre... ouvir mais do que falar... as vezes acho até que exagero... Mas tudo bem...

Uma ótima semana...

Conde Vlad Drakuléa disse...

O silêncio aqui dos Cárpatos é sempre cortado pelo uivar dos lobos, as crianças da noite! Mas é no exercício do silêncio, que é tão importante quanto a prática da palavra, que nos descobrimos amadurecer! Beijos do conde :)

Cleo disse...

Oi Vivian, linda imagem e o poema .
O silêncio também tem seus sons.
Beijos de carinho e vou deixar o selinho:

http://i418.photobucket.com/albums/pp262/Stardust_049/selos-premios/y1pUtyNdgPiDe_1ZnHyxoiLJIfJ-fWS5P_B.jpg

Átila Siqueira. disse...

Adorei os versos, sempre tão sábios. O silêncio é algo fenomenal. Não é a toa que amo a noite, a madrugada, porque o silêncio me trás paz e me permite ler e escrever, pensar e ponderar, e isso me faz bem.

Eu venho aqui te pedir desculpas pela minha ausência, mas é que ando muito atarefado. Quando eu puder, volto a visitar com maior constância.

Obrigado pela visita lá no meu blog, e volte sempre.

Um grande abraço,
Átila Siqueira.

ex-controlador de tráfego aéreo disse...

Oi Vivian!

Alguém me disse uma vez que se deve escutar o silêncio interior para que as respostas apareçam, até mesmo às perguntas que não foram feitas.

Estou aprendendo a ouvir o que não é dito e faço isso muito muito com os olhos, também.

Linda mensagem!

Obrigado pelo comentário no blog.

Um beijo com carinho!!!

Pena disse...

Maravilhosa Amiga:
Um poema fabuloso de sua autoria que me fez ficar estupefacto, maravilhado e a sonhar.
E, eu que escrevi tanto sobre o silêncio. De mim. Dos outros. Da Humanidade.
Creio, que hoje ou ontem fiz uma amiga. Verdadeira. Autêntica que "brincando" com o versejar extraordinário composto por palavras sensíveis e deslumbrantes de carinho fá-lo com a seriedade doce e linda de um Ser Humano fantástico evidente e claro saído duma interioridade sublime e genial.
"...SILÊNCIO
Sem tempo nem espaço.
Apenas movimento e existência.
A revolução interior está
no silêncio da mente.
O poder do equilíbrio reside
nas raias do silêncio.
Portanto...
Aprenda mais a ouvir
do que falar.
muahhhh..."

Excelente. Parabéns sinceros.
Creio que nos entendemos...???
Beijinhos de amizade, respeito, estima e consideração. Imensas! Pela sua enorme significação de ternura e doçura.
Maravilhado...

pena

Desculpe, o comentário, mas foi mais forte do que eu...
DESCULPE!

Déia Arakaki disse...

Bom dia Querida Vivian...

Lindo Texto...
O "silêncio" é á chave para a sabedoria, a chave para se encontrar novas saídas.
É no silêncio das palavras que se "Ouve" mais e..
Se ouvindo mais com certeza analisaremos muito mais as circunstancias e as situaçoes.

e é no silêncio de minhas palavras que deixo para voce o desejo de um lindo e abençoado dia!!!

Beijinhosss

Tatiana disse...

Muitas vezes o silêncio expressa mais que palavras...

Ouvi-lo é um DOM!

Muitas dádivas para você na semana que inicia!

Beijinhos com meu carinho

Luiz Caio disse...

Oi Vivian! Como vai?
Saber ouvir é a essência da árvore da sabedoria humana!
Ótimo texto!... Como sempre!

TENHA UMA ÓTIMA SEMANA!
BEIJOS.

Giselle disse...

Vivi,
nem me fale, às vezes eu preciso me calar mais, ouvir meu silêncio , falar menos e pensar antes de dizer algo ...
O sliêncio pode nos mostrar coisas sábias, lindas ...
Vivi, tenha uma semana repleta de coisas boas ...
beijos linda

Ed disse...

Engraçado a nossa "sintonia": é que no Curtas postei algo um pouco irônico (rs) sobre isso. Mas v. o fez com maestria! Beijaço.

Lugar Secreto disse...

Puxa mais uma coisa para eu aprender o silêncio dos beija-flores, realmente o movimento deles é algo enigmático sem precisar de som nenhum!
A natureza pode nos ensinar muito mesmo, quero praticar mais o ouvir do que o falar sei que é poderosa ferramenta de sabedoria. Maravilhoso post Vivi beijos!

Olavo disse...

È..muitas vezes é preciso calar..muito mais do que sair falando o que se pensa..
Falo demais..preciso me vigiar mais..mais é dificil viu rs..
beijão

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

Por que palavras?
Um monge aproximou-se de seu mestre — que se encontrava em meditação no pátio do templo à luz da Lua — com uma grande dúvida:

"Mestre, aprendi que confiar nas palavras é ilusório; e diante das palavras, o verdadeiro sentido surge através do silêncio. Mas vejo que os sutras e as recitações são feitas de palavras; que o ensinamento é transmitido pela voz. Se o Dharma está além dos termos, porque os termos são usados para defini-lo?"

O velho sábio respondeu: "As palavras são como um dedo apontando para a Lua; cuida de saber olhar para a Lua, não se preocupe com o dedo que a aponta."

O monge replicou: "Mas eu não poderia olhar a Lua, sem precisar que algum dedo alheio a indique?"

"Poderia," confirmou o mestre, "e assim tu o farás, pois ninguém mais pode olhar a lua por ti. As palavras são como bolhas de sabão: frágeis e inconsistentes, desaparecem quando em contato prolongado com o ar. A Lua está e sempre esteve à vista. O Dharma é eterno e completamente revelado. As palavras não podem revelar o que já está revelado desde o Primeiro Princípio."

"Então," o monge perguntou, "por que os homens precisam que lhes seja revelado o que já é de seu conhecimento?"

"Porque," completou o sábio, "da mesma forma que ver a Lua todas as noites faz com que os homens se esqueçam dela pelo simples costume de aceitar sua existência como fato consumado, assim também os homens não confiam na verdade já revelada pelo simples fato dela se manifestar em todas as coisas, sem distinção. Desta forma, as palavras são um subterfúgio, um adorno para embelezar e atrair nossa atenção. E como qualquer adorno, pode ser valorizado mais do que é necessário."

O mestre ficou em silêncio durante muito tempo. Então, de súbito, simplesmente apontou para a lua.

COnto Zen

Beijos e borboleteios Vivi

Eliana disse...

Boa Tarde, Vivian

Foi um prazer recebê-la no Liberdade e Caridade.

Eu já passei pelo processo de cura interior e já estou liberta de qualquer tipo de apego. Se hoje falo e entro em contato com o mundo exterior é devido ao meu trabalho na ajuda aos irmãos.

Para chegar até aqui a minha caminhada foi mais de silêncio do que de palavras, pois precisei, primeiro, aprender para só depois ensinar.

No processo de cura, Deus mudou a minha maneira de falar, andar, saber calar, quando necessário e saber falar, quando necessário, não julgar, não criticar, somente dar exemplos.

Pelo que vejo aqui, parecido com o seu, só o poder que age em cada uma é que é diferente.

Vivo pela Graça de Deus e tudo que sou e sei é graças a Ele.

De mim mesma, nada posso me vangloriar.

Tens um lindo espaço e se quiser volte sempre ao Liberdade e Caridade, será um prazer recebê-la.

Um abençoado dia para você,
Fique com Deus,
Beijos,

Gleidston dias disse...

Lindo lindo,destaco essa sequencia:

* A revolução interior está
no silêncio da mente *

beijo otima semana!!!

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Vivian, belíssimo texto!
Não há dúvida que pouca gente sabe ouvir, realmente!
Minha Amiga como sempre teus textos, são lições de vida... Boa noite
Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Vivi, querida, você sempre nos trazendo ensinamentos vitais nesse mundo de mil barulhos e sem nenhum sentido, na mesma linha do que dizia Shakespeare na sua genial comparação da vida com um bufão cheio de sons, "significando nada".
Paremos e aprendamos com os sinais invisíveis e silenciosos do cosmos.
E o Natal chegando e o esquecimento cada vez maior do seu ANIVERSARIANTE...Beijos, Amiga!!!

zina disse...

E eu vim mesmo atrás dele viu...

saudades minha querida...
acho que estamos em esquinas diferentes...

mas quando se sente falta...
vamos atrás, e vim te ver...

adorei a foto sua e seu netinho...

muito igual a você, sabia???
lindos!

Beijos...

Claudia Goulart disse...

"A calma e a inteligência
envolvendo-nos em
renovação."
Gostei muito disso!
Nada de ansiedade.
bjs

Parapeito disse...

...por algum motivo..nascemos com uma boca e dois ouvidos :)

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,