quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Amor e posse...

“Toda relação humana necessita de cuidados,
porque sempre transita nos limites tênues
entre amor e posse.

Do amor à posse o caminho é curto.

Basta que percamos o foco de nossa identidade para
que corramos o risco de alguém administrar nossa
vida, roubando-nos de nós mesmos.”

Pe. Fábio de Melo em Quem me roubou de mim?

16 comentários:

Vivian disse...

...passeando pelo facebook
sempre me deparo com perfís
amigos onde a foto é do casal...até aí tudo bem...

mas será que é necessário
esta exposição só para
provar que são
comprometidos?

...seriam crises de ciúmes veladas?...

será que é para mostrar que
um é posse do outro?...

ou o quê é isso?...intriga-me,
e eu acabo pensando que
esta prática tbm pode ser
fruto de inseguranças,
como a dizer:

esta pessoa é 'minha'

...e quem em sã consciência
acredita ser dono do outro?

vamos pensar?



Gilmara Wolkartt disse...

Prefiro ficar com as palavras do poeta que diz: Que seja eterno enquanto dure.!
Beijos na sua alma querida!

✿ chica disse...

LINDO!! Belas escolhas! beijos praianos,chica

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Belas palavras.
Bom pra refletir com calma.
Quando a foto em duo, vejo
uma situação todos os dias quando
vou correr no calçadão: seres fazendo exercicio de caminhada
agarrados na mão um do outro.
Confesso que seguro minha vontade
de gritar:separa! rsrs
afff

Adorei vir aqui depois de passar no outro que me pareceu parado desde novembro.

Bjins

EDER RIBEIRO disse...

Oi, alma linda e amiga, amtes de mais nada, gostos mto do Pe. Fábio e já li esse livro. Pode parecer clichê, mas desde minha adolescência, eu sempre dizia essa frase: "ninguém é de ninguém". Como vc bem sabe, estamos nesse mundo de passagem, por isso, toda relação tem q vir desprovida de amarras. Toda posse faz com q, ao longo da trajetória, percamos essa pessoa amada, pois, tudo q conquistamos é só um empréstimo para q possamos evoluir espiritualmente. Bjos.

Liza Leal disse...

Oi Vivi!
Na verdade é um tema que tbm mexe comigo, sabe!
Será mesmo AMOR esse sentimento que necessita de gritar aos 4 ventos, e deixar claro que o outro é praticamente propriedade!...
Pode até ser. Há que se respeitar, mas cá entre nós, acredito que é possível andar de mãos dadas sem tanta "administração".
Do contrário, perderia o ar que preciso p/viver. rsrs


bjok

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

El Amor basado en buscar el sentido de posesión frente al otro, siempre llevará al camino del desamor, porque nadie puede arrebatar la identidad a nadie ni nadie debe dejársela sustraer.
Muy buen Post.
Um abraço.

Andradarte disse...

Enquanto dura.....'vida doçura'...
Sendo mutuo....que dure...
Beijo

Ingrid disse...

entrega e amor..
caminhos..
bela escolha querida!
beijo

isa disse...

Muitos casamentos,muitas relações,
correm mal pq a ideia de posse,de
mudar o outro,a seu beloprazer,
domina.
Que pena...
Beijo.
isa.

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Amei a reflexão, padre Fábio sempre nos faz pensar muito.
É um perigo deixar a posse tomar conta da relação, nós dois sempre procuramos viver cada dia como se o primeiro fosse de nossa vida, a conquista sempre está presente em nossa vida.
Penso que não corremos o risco de transformar nosso amor em posse, se Deus quiser é claro.
Um grande beijo em seu coração doce Vivi.

Marcia Melo Morais disse...

A tua sabedoria nos preenche,vc tem razão amiga,coisas desnecessárias consome o nosso eu,amei demais o post,beijos!

Sotnas disse...

Olá Vivian e que tudo esteja bem contigo!

Com certeza estes dois sentimentos juntos são deveras danosos a todos os envolvidos. Penso que é ótimo enquanto seja somente amor, pois quando a posse se aproxima, é neste momento que o amor termina!

Prezada Vivian, é sempre deveras prazeroso estar por cá lendo teus intensos pensamentos, obrigado por compartilhar belos pensamentos intensos e também lindas imagens!

E assim agradeço pelas visitas e amizade e desejo que teu viver seja sempre de intensa felicidade, um grande abraço e até mais!

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida Vivi

O amor não é posse, cada um deve manter a sua identidade.
Linda reflexão como sempre.

Um beijinho com carinho e bom Domingo
Sonhadora

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Vivian. Tanto o artigo do padre conforme o seu comentário, chamaram a minha atenção.
Talvez a foto no face possa ser mesmo um ciúme velado conforme você disse, ou uma demonstração de amor para todos, assim como o casamento na igreja não deixa de ser uma satisfação para a sociedade aos olhos de Deus.
Cada qual tem a sua opinião bem particular, mas é bom, faz com que paremos para pensar melhor.
Demonstração de amor eu acho que é válida em tudo, mas entendo quando a "demonstração" passa a servir de posse.
Saudades.
Tudo de bom.
Beijos na alma e um lindo fim de semana pra você.

Juliana Lira disse...

Quem me roubou de mim?...

Taí uma frase que muitas pessoas deveriam fazer. Eu já me fiz e achei resultado. A gente se permite roubar, até perder-se.
A gente também se perde...
Quanto as fotos no facebook, Deus é Pai! Sou uma pessoa e tenho a minha individualidade, respeito o modo de ver e viver do meu próximo, mas faço votos de que não se percam pelo caminho, como eu um dia me perdi.

www.reticenciando.com

Milhões de beijos