domingo, 11 de setembro de 2011

Desafinação!

Se alinho
o verbo,

desarranjo
o verso.

32 comentários:

✿ chica disse...

GENIAL!!! Adorei! beijos,linda semana,chica

shan-Tinha disse...

é, nem tudo dá uma poesia, há que se ter jogo de cintura na palavra e na vida ainda que esta seja dura!
doce setembro pra ti!
bjão e ótima semana!

Marcia disse...

Perfeito Vivi boa semana fadinha bjos!!

Alê disse...

Se, se,


Bjkas

Suziley disse...

Bem criativo e jocoso, Vivi, gostei!! Boa noite, beijos :)

Sandra Puff disse...

Oi, minha Flor...
Estou aproveitando a energia e a net disponível...sou de Blumenau-SC...e nas enchentes, luz racionada, estou passando nos blogs rapidamente.
Seus versos me lembram Paulo Leminsky....
Super ótimo e original!, Gosto do ousado...
Boa Semana, Amiga
Vi as corujinhas piscando...amadinhas...
Bjins,

Sapatinhos da Dorothy

FlorAlpina disse...

Fica lindo como está! Sem alinhar...

Bjs dos Alpes

Andradarte disse...

Se move as flores.....Vai-se a surpresa.....Mas a imaginação funciona....
Beijo

brisonmattos disse...

então descomplique. Viva os dois com prazer.Lindo jardim. Parabéns ela esolha da imagem.

IsaBele disse...

Muito bom!

Luís Coelho disse...

Os poemas não se desarranjam por alinhar os versos.
Os poemas são os bons pensamentos a cantar dentro de cada pessoa.

mfc disse...

Eu continuaria... sem me importar com nadinha!

Severa Cabral(escritora) disse...

AIAIAIAIAIAIAI!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
SÓ VC NÉ MEU OLHINHO AZUL,KKKKKKKK
PQ NÃO TIROU O "L",KKKKKKKKKKKKKKK
BJSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

。♥ Smareis ♥。 disse...

É melhor não alinhar. Adorei!
Bjs!

Smareis

Gilmara Wolkartt disse...

Ei querida !
A vezes os versos não encontram as palavras. Adorei a foto das corujinhas.
Uma excelente semana para você!
Gd beijo

Lua Nova disse...

rsrsrs... adorável!
Beijokas, Vivi

EDER RIBEIRO disse...

eu sairia da linha, verbalizaria em atos, depois, com certeza, amor e poesia, e o contrário tb. Bjos, minha linda.

Lua Nova disse...

Esqueci de dizer que amei as corujinhas!!!!!
Beijokas.

rodrigobernardo2010 disse...

conhecendo seu espaço e gostando muito....

Sheila disse...

Hihihi, gostei :) Vivi e que corujitas lindas!!!

xistosa - (josé torres) disse...

O mistério afinal não o será.
Motel é o dito enigmático que necessita explicação.
Se as flores "murcharem" então a imaginação vai e vem, num rodopio que combina o conforto com o erotismo.
Mas isto é a minha imaginação a delirar.

Um abração e uma boa semana.

Guma Kimbanda disse...

muito sugestivo o MOTE porque o L não o vejo.
mas se juntar o MOTE ao L nada fica em desafinação.

gostei... daqui também.!


beijo e kandandos atravessando tanto mar.
inté.

piedadevieira disse...

Simplesmente delicioso desse jeito.
Adorei as corujinhas rsrsrs
Beijos

♫*Isa Mar disse...

Que lindas as corujinhas, e versejar é isso mesmo, nem sempre a afinação fica perfeita, mas a essência é o que vale.
Lindo dia, beijos

Zininha disse...

VIVI, HOJE É DIA DE NIVER, VAI LÁ NO TRADUZINDO... VIU??? TE ESPERO...
BEIJOS...

BRANCAMAR disse...

Gostei muito da expressão, do trocadilho das palavras e do que está por tràs delas, rsss...
A imagem é muito sugestiva e acho bem que esteja tudo florido e ajardinado, :))

Beijinhos Vivi.

Tudo de bom para ti.
Branca

Pensador disse...

Oportuno e divertido.
Interessante o quanto um simples detalhe, uma pequena variação de ângulo pode fazer toda a diferença, rsrs
Beijos!

Andre Martin disse...

Belo mini poema!
Completo em si.

Mas me lembrou uma outra máxima machista:
"por trás, um anjo...
de frente, um desarranjo!"
rsrs

Além de curiosa e bem tirada foto,
estou tentando relacionar com o poema...

tossan® disse...

Acho que ninguém entendeu! Tudo tem a sua horinha mágica certo? Ou não? Beijo

myra disse...

gostei demais e a foto é uma lindura!
mais beijos

Paula Barros disse...

E o que se quer? Alinhar o verbo, ou viver o verso?
E muitas vezes perdemos o verso, só por tentar enquadrar o verbo.

beijo

Paula Barros disse...

Me disse tanto que fiquei borbulhando de pensamentos sobre a vida, sobre os relacionamentos. beijo