quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Sabedoria!

Há duas maneiras de
espalhar a luz.

Ser a vela ou o espelho
que a reflete.

Edith Wharton

17 comentários:

Vivian disse...

...cada pessoa tem a sua própria luz, algumas mais brilhantes, outras ainda em estado de
lamparina, mas todas com o
mesmo direito, o direito de
auto-iluminar-se enriquecendo
o espírito aprendiz.

e onde buscar esta 'luz',
senão no aprendizado diário,
no convívio humano que nos
obriga às observações de
atos, gestos, pensamentos
nobres ou não, e assim
percebermos em que estágio
estamos por aqui, corrigindo
falhas tantas vezes tão
grosseiras, e sem
necessidade de
existir.

Andradarte disse...

O melhor mesmo...é vela e espelho...
Beijo

Sheila Taniguchi disse...

Acho que é atrás disso que vivemos, da luz, seja no espelho, seja a da própria vela, aprendendo algo já tem seu valor. Beijos.

Carmem L Vilanova disse...

Ai amiga!!!
Eu, podendo, seria os dois...
Linda reflexão!
Beijos, flores e muitos sorrisos!

Isa disse...

Podendo...ser os dois!
Beijo.
isa.

Jorge disse...

Vivi,
adorei este teu canto.

Quanto a luz, vc disse tudo em teu comentário.
Parabéns pelo blog!!!

Um beijo!

Paula Barros disse...

Um aprendizado constante, cansativo, repetitivo, mas sem nos esquecermos que estamos sempre aprendendo para evoluirmos.

Mais uma vez, obrigada.

beijo

Sonhadora disse...

Minha querida

Sempre uma mensagem...sempre uma reflexão.
No espelho ver reflectida a luz que está dentro de nós.
tem selinho no meu blogue de 400 seguidores, gostaria de te oferecer.

Deixo o meu carinho e um beijinho
Sonhadora

Chica disse...

És maravilhosa sempre.Nos encantas!beijos,chica

FlorAlpina disse...

Olá Vivian,
Linda a luz que irradia das suas palavras!

Bjs dos Alpes

piedadevieira disse...

Ser luz é indispensável.
Beijinhos

SolBarreto disse...

Concordo com o Andradarte o bom mesmo e ser vela, para ter luz propria, mas tambem ser espelho e refletir para os demais o que de bom vemos...

Marcos de Sousa disse...

Das duas, ser vela é a melhor.

Beijos

Franck disse...

Como não sou narcisista, vou preferir a luz das velas, fica tudo tão aconhegante, tão romântico...
Bjs*

Pensador disse...

Que todos possam um dia vir a ser velas.

Ou estrela, como você, que ao contrário da vela, que espera passiva até que alguem queira que ela ilumine, irradia sua própria luz...

Sandra Portugal disse...

Bela citação, bela fotografia, parabéns!
bj Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//

Daniel Savio disse...

Concordo, mas prefira ser a vela, pois ela emana a própria luz...

Fique com Deus, menina Vivian.
Um abraço.