terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Das In_Justiças!!

Infeliz da geração cujos
juízes merecem ser
julgados.

"Talmude babilônico"

...muitos de vocês devem conhecer a história
da menina Flávia, que aos 10 anos teve
a infelicidade de sofrer um terrível
acidente relacionado com o ralo da
piscina onde inocentemente
brincava junto a outras
crianças.

deste terrível acidente Flávia restou
em coma até hoje, 12 anos seguidos,
e toda esta triste história vocês
podem conferir aqui:

eu não sei até que ponto o dinheiro tem o poder
de comprar a justiça, se é que isso é possível,
e se esta minha dúvida proceder, que nome
então teríamos que dar a este ato insano,
a esta indecência humana onde o rico
tem benesses mesmo sem
merecê-las de fato.

de qualquer forma, podemos
ludibriar aos homens, mas
jamais à Deus senhor de
todas as verdades!

que a misericórdia divina possa alimentar
nosso entendimento, nossa resignação
e paciência, não por alienação, e sim
por opção em esperar em Deus
tudo que virá pelos atos
praticados na balança
da injustiça!

ai de quem brincar, zombar, ousar
duvidar da Justiça Divina!!

25 comentários:

Nana... disse...

A unica justiça que creio é a Divina os homens são muito falhos em suas ações e cada vez mais egoistas...

Beijos ") @Nanazudah
http://meninacajuina.blogspot.com/
http://gordinhasdointerior.blogspot.com/
http://opesodopreconceito.blogspot.com/
http://deliciasdaclarisse.blogspot.com/
http://descobertasdela.blogspot.com/
http://minhamusicalidade.blogspot.com/

Vivian disse...

...bem sabemos que tudo em nossa
vida concorre para uma bem maior,
e se não fosse assim, diante de
tantos infortunios, diante de
tantas atrocidades, teríamos
que pensar que Deus vive
alheio aos seus filhos.

e não é bem assim...

a cada qual seu quinhão,
seu buril na lapidação
do espírito.

mas quando nos deparamos com
casos como este da menina
Flávia, nos vem à mente
a justiça dos homens sempre
tão esperada quanto a de Deus,
mas neste espera nos decepcionamos
e por isso o grito, a revolta,
a indignação.

enquanto isso não acontece,
sigamos então formando
egrégoras para que todos
nós possamos um dia ser
dígnos de sermos chamados
"justos"!

Chica disse...

Eu confio apenas na justiça DELE ... a daqui é falível e como!!!


beijos e é uma triste história a da menina...Coisa séria! chica

Mimirabolante disse...

Essa história é muito triste.....existe até um manifesto para ser assinado !!!A justiça é cega !!!!Uma pena !!!!
bjcas

Mimirabolante disse...

Essa história é muito triste.....existe até um manifesto para ser assinado !!!A justiça é cega !!!!Uma pena !!!!
bjcas

Paulo Becare Henrique disse...

A vida, de nosso ponto de vista humano e mortal é, muitas vezes, incompreensível...

Maria Souza disse...

Muito lindo este texto.
Parabéns pelo seu blogue.
Um abraço.
Maria Souza

Pena disse...

Estimada e Enternecedora Amiga:
"...eu não sei até que ponto o dinheiro tem o poder
de comprar a justiça, se é que isso é possível,
e se esta minha dúvida proceder, que nome
então teríamos que dar a este ato insano,
a esta indecência humana onde o rico
tem benesses mesmo sem
merecê-las de fato..."

Um caso lamentável da justiça dos homens.
Um caso triste e de culpa, onde o dinheiro se dispensa.
Sem perdão para quem quer que seja.
Fez bem em "postar" para alertar a opinião pública pra a gravidade impune deste acto execrável para a vítima, seus familiares e que requer análise e reflexão profundas.
Excelente atitude sua de dignidade humana, linda amiga.
Abraço de parabéns pela sua coragem em repor a justiça.
Com respeito por si.
Sempre a admirá-la

pena

Bem-Haja, pela ternura das suas palavras expressas no meu blogue.
Adorei, maravilhosa amiga.
Fico-lhe grato.
Parabéns renovados pela força e pelo instante em favor de todos os sacrificados do PLaneta, nem sempre justo em que vivemos e nos revoltamos.
Linda!

Andradarte disse...

Dizia o pai de um amigo meu...
'Deus não drome'...
Beijo

Lu Dantas disse...

Oi, querida.

Por Ele, nada passa despercebido.

Obrigada pela visita lá no blog, viu!

Um beijo

IsaBele disse...

Resta-nos rezar...

Carinho na minha querida!

Sonhadora disse...

Minha querida Vivian

Hoje passando apenas para te deixar um carinho e agradecer o teu...estou-me recuperando e voltando com muita saudade.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Odele Souza disse...

Vivian,

Passo para agradecer por este post em que você relembra a história de minha filha Flavia. É importante não deixar que a história de Flavia, sinônimo de NEGLIGÊNCIA e IMPUNIDADE caia no esquecimento. E são pessoas como você que me ajudam nessa tarefa: Não deixar que o caso de Flavia seja esquecido. Não podemos compactuar com a indiferença e o desrespeito à vida humana.

Um forte abraço pra você.

Machado de Carlos disse...

Penso que somos cobrados pela nossa própria consciência. Todos nós passamos pelas Leis de Causa e Efeito. O Soberano (Deus) é o grande Juiz de todas as causas possíveis!
Grande Abraço!
Beijos!...

Dica Cardoso disse...

Que Deus tenha misericórdia dessa criança...Uma triste história...E nós,que por vezes nos queixamos e murmuramos por tão menos,carecemos não só das Sua misericordia,como do Seu perdão!
A Justiça de Deus não tarda,nem muito menos falha.Que o tempo DEle se cumpra!

Saudades...

Abraços no coração!

poetaeusou . . . disse...

*
bem aventurados,
os sedentos de Justiça !
,
conchinhas,
,
*

Desnuda disse...

Querida Vivian,


Confio plenamente e espero sempre ( morreria por tristeza , indignação e um vazio enorme repleto de desesperança se assim não fosse) na Justiça Divina.


Beijos com carinho, amiga

Cristal de uma mulher disse...

Amiga não te preocupes em lutar para saber se está pensando certo ou errado sobre o erro do homem, pois ele sempre será corupto em sua essência. O dinhero sempre fala mais alto e as injustiças são presentes e constantes.
Existe muitos presos que nunca fizeram nada para alí estarem e muitos ladões e assasinos soltos matando mais e mais.Esta morte não é só corporal,mais as que nos lesam e nos deixam de mãos atadas são as piores. Somos juises de n´s mesmos minha querida e Deus o juiz dos juizes.Um dia todos estaram neste tribunal este não falhará.
Beijos

Sheila Taniguchi disse...

Sabe Vivian eu costumava me revoltar muito diante das situações, até que consegui ter esperanças através de Deus mesmo, se a justiça dos homens falhar, tenho certeza de que Deus estará olhando pelos justos. Muito do trabalho Dele poderemos não ver nitidamente, mas creio que não falha. Infelizmente ou não é aquela frase: os homens não são ruins, é que ainda não aprenderam a ser bons. Ah! Minha amiga, quantos quilometros ainda teremos que percorrer até vermos as pessoas mais frágeis serem tratadas com dignidade? Beijos nesse seu coração generoso.

Nick disse...

Eu quero acreditar na justiça Divina Vivian, mas cada dia fica mais difícil, parece que é bem parecida com a nossa. Não vejo maus sendo punidos e vejo bons sendo.

romantic disse...

PENSO DA MESMA FORMA VIVI !!!A DEUS NÃO SE ENGANA E COM ELE NÃO SE BRINCA DE PODER.BJS VIVI

HSLO disse...

Vivian,

Conheço a história da menina Flávia pois acompanho o blog...por sinal muito triste.

Mas, a justiça de DEUS não falha...não adianta os homens tentar de outras formas...DEUS sempre mostra o caminho da verdade.


abraços
de luz e paz

HSLO disse...

Vivian,

Conheço a história da menina Flávia pois acompanho o blog...por sinal muito triste.

Mas, a justiça de DEUS não falha...não adianta os homens tentar de outras formas...DEUS sempre mostra o caminho da verdade.


abraços
de luz e paz

Pensador disse...

Já dizia Lao-Tsé em seu Tao-Te-King que o direito não é a justiça.
O dinheiro pode comprar o direito. Mas jamais comprará a justiça.
Beijo

Daniel Savio disse...

Conheço o caso sim, mas acredito em justiça divina, sendo que ela é muito maior do que realmente pensamos, pois ela não serve para saciar o nosso ego...

Fique com Deus, menina Vivian.
Um abraço.