quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Não Julgues!

Habitas num recanto mínimo desta terra.

Os teus olhos chegam até onde
alcançam muito pouco.

Ao pouco que ouves acrescentas
a tua própria voz.

Mantém o bem e o mal, o branco
e o negro, cuidadosamente
separados.

Em vão traças uma linha para
estabelecer um limite.

Se houver uma melodia escondida no
teu interior, desperta-a quando
percorreres o caminho.

Não julgues!

Ah, o tempo voa, e toda
discussão é inútil.

Rabindranath Tagore

...como você relaciona-se com o mundo?

pense...

20 comentários:

Vivian disse...

...o mundo pra mim é uma escola
onde tudo, absolutamente tudo
concorre para o meu crescimento
interior.

logo,
não posso me furtar em agradecer
todas as oportunidades que me
cercam, sejam elas em forma
de obstáculos, sejam elas
em forma de bençãos.

que pena sentiria de mim mesmo
se fosse escrava do meu EGO.

graças à Deus deste mal
não padeço!

é assim que me situo por aqui
nesta sala de eternos aprendizes!

Liza Leal disse...

Oi Vivi!
Me fez lembrar de um trecho q li num livro belíssimo, falando dos "Aprendizes de Jesus". Tocante!

bjo de luz
.
L!zzA

Daniel Savio disse...

As vezes, vou meio que aos trancos e aos barrancos, mas não dá para abraça totalmente o mundo, porém, tento abraçar os meus amigos...

Fique com Deus, menina Vivian.
Um abraço.

José Gonçalves disse...

Olá Vivian,

Aqui está um desafio... e pêras!

Como aqui em Portugal se costuma dizer perante desafios de maior grandeza.

Como me ralaciono com o Mundo?

Eis a questão!

Depende!

Com o Mundo dos Humanos, não me dou muito, muito, muito bem!

Não tão bem como gostaria.

Há Humanos para todos os gostos e feitios. E o meu feitio não vai com todos os restantes feitios. Há feitios que o meu feitio, por mais que queira e teime, não consegue "engolir"!

Com o Mundo dos Não Humanos, penso que me dou muito bem.

Partilho-o e respeito-o!

Qualquer autocaravanista, digno desse nome, é Amante da Natureza por excelência.

Com ela vive e convive no mais completo espírito de partilha.

E eu, além se Humano que sou, sou acima de tudo Autocaravanista com muito gosto e prazer!

É um Modo de Vida, diferente, Saudável.

E pronto!

Em breves letrinhas tento deixar aqui o meu pensamento.

Já que a moça manda, eu cumpro. rsrsrs

Um abraço e até sempre,

José Gonçalves
(Guimarães)

T@CITO/XANADU disse...

Minha vida, rolu
De ladeira abaixo.
E eu acho,
Tudo foi perdido
Nos caminhos
Por onde andei...

Beijos!
Tácito

Chica disse...

Tagore é maravilhoso pra nos fazer refletir.
Lindo!

beijos,tudo de bom,chica

Pedro D. H. disse...

uma pergunta que deveriamos saber responder, por mais simples que possa parecer, muito complexa ela é.

Eu realmente não sei...

O amanhã é só uma esperança, e talvez nunca responda.

Lila disse...

Oi menina dos olhos lindos...
Adoro vir passear por aqui, sempre encontro palavra certa que me dá um empurrãozinho qdo me sinto perdida...rs
Pois é...o tempo é tão fugaz, nossos limites tantas vezes tão estreitos e as melodias que temos dentro de nós, são tantas vezes sufocadas.
Liberdade abra as asas sobre nós !!!! Não a liberdade pra irmos e virmos, mas aquela real, que nos dá a força que precisamos pra nos conhecermos e para trilharmos nosso caminho cantarolando, mesmo qdo topamos o dedão...rs

Bjs meus !

Érica disse...

Acredito no seguinte: equilibrio é bom, e os bons da cabeça, gostam!

o que comi depois do filme? hahahahaha, eu não posso falar, sóse fizesse esse comentário em horário nobre rsrs

bjO

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Quando julgamos uma pessoa, perdemos a oportunidade de amá-la, só isso. Mais um turbilhão de preconceitos, guerras, extermínios, etcx, pode advir de julgamentos.
Beijo*********
Boa Tarde, Vívian
Renata

Paula Barros disse...

Vivian, de volta a terrinha, obrigada pelos comentários enquanto estive ausente.


É difícil controlar o julgamento, o olhar que julga, que recrimina...é difícil sermos vítima de julgamento.

Procuro a cada dia ter esse olhar para o mundo, o de agradecer o bom e o ruim, feito faz você.

beijo

piedadevieira disse...

Querida Vivian
Faz-nos pensar bastante com essa reflexão. Por mais que tentemos não julgar o próximo ou, mesmo aquele que está distante,fazemos sempre comentários, o que quase dá no mesmo, não é?
Valeu. Como está a paz nesse lar? Envio daqui mais bênçãos.Receba-as.
Beijinhos

Lídia Borges disse...

Retomo o "branco" e o "negro" para dizer que somos dotados de livre arbítrio para decidirmos pelo "branco" ou pelo "negro".
Conforme julgarmos seremos julgados... É inevitável!

Fico-me por aqui.

Um beijo

Blog da Bebeth disse...

Que linda reflexão.
Infelizmente vivemos julgando o tempo todo, mesmo que inconscientemente.
Tudo é motivo para colocarmos o nosso julgamento, como se fosse nossa a palavra final.

Tenho buscado mudar minhas atitudes e ser melhor a cada dia.
Claro que isso não é fácil e nem sempre consigo.
Mas acredito que tentar já é um bom começo.

Bjokas

Sylvia Rosa disse...

Cada vez que aprendo sobre Tagore fico mais encantada... Julgar não é justo, mas somos seres humanos e ainda impregnados de matéria, é frívolo dizer que não fazemos isso em algum momento... infelizmente!!!
Lhe desejo mta paz, harmonia, e vida sempre!!! meu carinho e o desejo de um Feriadão de Luz, mta luz

Sylvia Rosa disse...

Cada vez que aprendo sobre Tagore fico mais encantada... Julgar não é justo, mas somos seres humanos e ainda impregnados de matéria, é frívolo dizer que não fazemos isso em algum momento... infelizmente!!!
Lhe desejo mta paz, harmonia, e vida sempre!!! meu carinho e o desejo de um Feriadão de Luz, mta luz

Carmem L Vilanova disse...

Vivi, querida!
Quantas vezes julgamos sem conhecer, sem saber.
Temos este mau hábito de prejulgar antes de tudo, e somente depois buscar explicações, esclarecimentos, ter conhecimento.
Lindo post!
Beijos, flores e muitos sorrisos!

Solange disse...

você é linda.... sempre aprendo nesta sua sala de eternos aprendizes....

que bom te ter por perto....

beijo menina dos olhos de mar...

Andradarte disse...

Vou melhorar...prometo..

Por vezes...salto o risco...mas...

Beijo

myra disse...

minha relaçao com mundo? sao meus amigos, minha pintura, minha familia, o mar e as flores, as arvores e tudo que neste mundo tiver de generoso, solidario, honesto, etc, este é o mundo que espero ainda poder percorrer...
amo teu blog!!!o o Tagore!!!!
beijo enorme