quinta-feira, 11 de março de 2010

Azul!!


O meu olhar azul como o céu
é calmo como a água ao sol.

É assim, azul e calmo, porque não
interroga nem se espanta.

Se eu interrogasse e me espantasse não
nasciam flores novas nos prados nem
mudaria qualquer cousa no sol de
modo a ele ficar mais belo.

Mesmo se nascessem flores novas no prado,
e se o sol mudasse para mais belo, eu
sentiria menos flores no prado e
achava mais feio o sol.

Porque tudo é como é e assim é que é,
e eu aceito, e nem agradeço para
não parecer que penso nisso.

Alberto Caieiro

In

O Guardador de Rebanhos

32 comentários:

Daniel Savio disse...

Mas algumas flores só conseguimos cultivar quando temos curiosida sobre a vida...

Fique com Deus, menina Vivian.
Um abraço.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo*

*Pensar é ficar doente dos olhos*
(Alberto Caeiro)
O meu olhar é nítido com um girassol.

Gozemos a vida neste mundo e reconstruiremos os dois*

Beijos*******************
Renata

Isa disse...

E na palavra de Alberto Caeiro,no tom dos seus olhos...tudo ficou mais lindo!
Beijoo.
isa.

Andradarte disse...

Não conhecia o poema, mas o 'olho'
não engana ninguém...
Beijo

HSLO disse...

Lindo por demais, amiga.


abraços


Hugo

Nanda Nascimento disse...

Palavras sábias, os olhos sempre nos entrega e toda essa calmaria expressa toda a paz de espírito.

Bela escolha!

Beijos e flores!

Espaço do João disse...

Toda a vida fui pstor
Toda a vida guardeigado
Tenho uma chaga no peito
De me encostar ao cajado


Poesia Alentjana

FOTOS-SUSY disse...

OLA VIVIAN, BELISSIMO POEMA...LINDA ESCOLHA...ADOREI...QUE TENHA UM FELIZ FINAL DE SEMANA!!!
BEIJOS DE AMIZADE,


SUSY

paula barros disse...

Será que se consegue viver assim?

Gostaria de um pouco desse olhar contemplativo.

abraço

Pelos caminhos da vida. disse...

Sábias palavras.

beijooo.

Pelos caminhos da vida. disse...

Sábias palavras.

beijooo.

Nanda Assis disse...

que lindooo isso!!!
sempre quis ter olhos azuis.
mas para isso existem lentes.

bjosss...

Mai disse...

A contemplar a inquietude de dentro e de fora.
Mas o olhar é lindo!
beijos, olhos azuis, bom final de semana

Vanna disse...

A última estrofe tem a minha assinatura.
Abraços, bom fim d semana.

Franzé Oliveira disse...

Você é azul.
Gosto do azul.
Na verdade amo o azul.

Beijos menina azul.

Rico Salles disse...

Fiquei pensando que um bom poema é tão diferente dos que são "normais". Esse é um bom poema. Bj!

A.S. disse...

Azul é a cor dos teus olhos, do mar, do céu...
De todos os azuis, escolho o azul dos teus olhos!


Beijos Vi...

AL

walter disse...

Olá amiga,

Bela surpresa aqui encontrei...

Alberto Caeiro é assim mesmo...
simplesmente adoro!
O meu último post, tem também uma poesia de Alberto Caeiro, passe e veja se gosta, tá?

Um beijo e bom fim de semana

Walter

Alma Inquieta disse...

Olá Querida Vivian!

Excelente escolha!
Alberto Caeiro, um dos heterónimos de Fernando Pessoa!

Um beijo e bom domingo!

O Profeta disse...

Imagino o canto maternal das baleias
Como doce e sentida balada
Imagino um beijo na procura
De uma fugidia criatura amada

Um domador de ventos e tempestades
Uma viagem de aventuras repleta
Serei eu um herói de comédia de enganos?
Ou apenas um pobre e louco poeta

Doce beijo

Viviane disse...

Olá tudo bem? Eu estava navegando entre alguns blogs e cheguei até aqui, mas não por acaso porque nada é, gostei muito das postagens ( adoro azul ). Já estou seguindo para não perdê-lo mais de vista. Se puder vir conhecer meu cantinho será muito bem vinda. Aproveito para desejar uma ótima semana.Até a próxima! :D

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

*Quis dizer em forma de poema

as belezas da vida ao teu lado

mas sem rimas, sem esquemas

só pude dizer: "Te amo!"

Quis dizer em forma de canção

a alegria em que me encontro

mas com a voz do coração

só pude exclamar:"Te amo!"

Quis dizer em forma de pensamento

o que me vai no íntimo,

mas com a força do meu sentimento

só pude gritar:"Te amo!"

Quis, tentei, foi em vão

agora não mais canto ou exclamo

olho para teu sorriso, teus olhos

e digo apenas:"Te amo!"

Feliz Dia da Poesia, Poeta Vivi* Que são todos os dias*************

Poema da Renata

Thanks!
Kiss

Graça Pereira disse...

"Porque tudo é como é e assim é que é"... e por isso, não fizeste mais perguntas e nem te espantaste porque o poeta tinha razão ( ...e que poeta)
E o teu olhar azul continuou calmo como o céu, aceitando tudo porque afinal...assim, é que é!!
Parabens pela escolha.
Beijos
Graça

myra disse...

superlindo!!!!!mando um milhao de beijos!minha querida amiga

Delirius disse...

Vivi!
Venho lhe perguntar:
Você está bem, querida linda?!
Estranhando sua ausência por tudo quanto é sitio!
Venha-nos aquietar com seu abraço.
Saudade!

muakkkkssssssssssssssssss :))))))))

Espero de verdade que tudo esteja bem com você Vivi querida!

Ana Raquel ") disse...

Oieeee Vivi, tudo bem? Lembra de mim?rs Vc sumiu lá do fotoblog e eu vim te visitar! Saudade de vc menina! Adorei o poema: "Porque tudo é como é e assim é que é,
e eu aceito, e nem agradeço para
não parecer que penso nisso." Bjosss e vê se aparece! ;D

anaraquelsp.fotoblog.uol.com.br

Caurosa disse...

Olá minha cara amiga Viviam ,maravilhosa reflexão poética, o olhar é verdadeiramente, a expressão máxima da alma. Salve a genialidade do nosso imortal Aberto Caieiro, salve Fernando. Parabéns pela postagem.

Paz e harmonia em sua semana,

forte abraço

C@urosa

Delirius disse...

Oh Princesa dos olhos doces, e você julga que eu não sei o que isso é?! Ser preguiçosa de uns segundos e perder trabalhos de anos?!
xhiiiii...., não digo nada, é como doença...

Você é um doce, adorei teu comentário. Hoje tinha acordado com os pés de fora, grrrrr.... que neura!
Na hora do almoço fui tomar-me dos carinhos do Sol e do Rio e... oh..., peguei a inspiração rss.

Beijos, querida linda, ainda bem que está tudo bem.

Ava disse...

"Se eu interrogasse e me espantasse não
nasciam flores novas nos prados nem
mudaria qualquer cousa no sol de
modo a ele ficar mais belo."

A serenidade diante da vida que pssa frente aos nossos olhos...

Sem espanto e sem questionamentos.. apenar viver cada momento...

Seus olhos aqui foram cantado em prosa e verso, mesmo antes de voce saber...


Beijos!

Graça disse...

Que bom encontrar aqui o meu Poeta de eleição, vestido de Alberto Caeiro.

Querida Vivian, os teus olhos são da cor da mais perfeita sensibilidade.


Um beijo de carinho no teu coração

Pena disse...

Maravilhosa Amiga:
Deu asas ao sonho. Livre. Plena.
Perfeita.
Um poema muito belo repleto de ternura.
Parabéns sinceros.
Uma poesia que fascina. Encanta pela beleza imensa.
Beijinhos amigos.
Excelente.
Escreve de forma cativante.
Com respeito e estima.

pena

OBRIGADO pela sua simpatia.
É uma honra lê-la.
Bem-Haja, amiga extraordinária! Linda.

Cleo disse...

Vivi, bela escolha e Alberto Caieiro magnífico. adorei a última estrofe, "tudo é como é e assim é que é", é a mágica da vida.
Grande beijo com carinho e até breve.
Cleo